sexta-feira, 30 de agosto de 2013

ASSISTA NA ÍNTEGRA A ENTREVISTA DA FILÓSOFA E ESCRITORA DÍLIA GOUVEIA. CONFIRA

 
ASSISTA AO VÍDEO COM A ENTREVISTA DA
 
FILÓSOFA E ESCRITORA
 
DÍLIA GOUVEIA
 
CONCEDIDA AO MEDIADOR DO BLOCO I

 CARLOS SILVESTRE MÔNACO
 
 
NO BLOCO CULTURA DO PROGRAMA
 
GRUPO MÔNACO DE CULTURA & SAÚDE

PELOS CANAIS UNITEVÊ E TV OFLU

 NITERÓI-RJ
 
 
 
 
(CLICAR NA IMAGEM)
 
 



A AUTORA NOS FALA SOBRE SEU RECENTE LIVRO



 

 

Nas malhas do devaneio :
o dia que Fernando Pessoa nos reinventou
 
 

 

 
Dília Gouveia, nasceu em 5 de agosto de 1959. É filósofa, ensaísta e professora de Literatura. Ministra cursos e palestras em torno da intemporalidade do drama humano, onde Literatura e Filosofia comunicam entre si, fazendo a descida aos subsolos da alma humana num diálogo permanente entre as inúmeras obras de vários autores como Shakespeare, Dostoievski,   Flaubert, Goethe, Kafka, Camus, Joseph Conrad, Fernando Pessoa, Clarice Lispector, com o pensamento de Platão, Nietzsche, Kant, Sartre, Kierkegaard, Marx, Freud, Heidegger, Hegel, Schopenhauer, entre outros.
E tal como o Poeta que a reinventou a sua

“pátria é a língua portuguesa”.
 
****

Dília Gouveia instiga leitor a desbravar sua própria existência através da palavra de Fernando Pessoa

“(...) Por isso ele concebia a vida como um sonho do qual ele não queria despertar. (...) E nessa atitude devaneante forjou uma nova realidade: a da vida como ficção”. (Pág. 57)
A autora é filósofa, ensaísta, professora de Literatura e excepcional declamadora. Apaixonada por textos pessoanos nos brinda com um livro que é encantador do princípio ao fim. Tanto que, com aguçado olhar, Cristiana Seixas registra na orelha do volume: “ (...) esta  obra instiga o leitor a desembrulhar sua própria existência”. E tudo começa com mágico encontro entre um eu da autora e um convidado, à roda de um caldeirão de cobre sobre estrutura de pedra, com fogo contínuo, ao lado de taças de vinho.
O convidado , que a um só tempo é semelhante e diferente do Fernando, começa a contar sobre momentos em que esteve ao lado de Fernando Pessoa e dos seus principais heterônimos, isto é, das figuras que ele criou literariamente , com destaque para Álvaro de Campos, Ricardo Reis, Alberto Caeiro e Bernardo Soares. O interessante , e bastante inteligente, é como Dília Gouveia anima a conversa, com oportunas citações filosóficas e interlocuções construídas em torno de versos e ditos de múltiplos personagens pessoanos.
A tese central do livro é mostrar como Fernando Pessoa nos reinventou como seres humanos. Em tal instância deve ter sido influenciado por Shakespeare, que, segundo Harold Bloom, criou nossas ideias “sobre o que constitui o humano autêntico”. O evoluir da narrativa de Dília lembra,  um pouco, o livro Fernando Pessoa Textualizado, de Paul Human, “ a tentar entrar na linha de pensamento” desse constelado poeta português, considerado por tantos críticos como um gênio que abriga outros gênios. É livro para ler em ritmo de fogo crepitante, com estalidos de reflexões e de análises.

Por Roberto Santos
O Fluminense
 

 
 
 

11 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns à Dília pela bela entrevista e pelo livro instigante. Parabéns ao amigo Alberto Araújo por essa importante divulgação cultural. Abs!
Novaes/

RITA MAGNAGO - ESCRITORA disse...

Hoje fui agradavelmente surpreendida com um e-mail do Alberto Araújo divulgando uma entrevista com Dília ao Carlos Mônaco. Show de bola. É só clicar no link abaixo.


http://focusportalcultural.blogspot.com.br/


Rita Magnago

ELOISA HELENA disse...

Alberto, obrigada!Divulguei a entrevista no Face também!
Aproveito para agradecer aos convites feitos, mas ando muito envolvida com os cuidados à minha mãe.
Abraços.

Elô

DÍLIA GOUVEIA - ESCRITORA disse...

Querido Alberto!

Gratidão imensa pela tua generosidade em postares a entrevista no Youtube.
Um forte abraço


Dília

ELENIR TEIXEIRA disse...

Assunto: Pessoa reinventa o nosso mundo | Jornal O Fluminense

Caros Amigos, repasso para vocês o e-mail enviado por Alberto Araújo, com a resenha do livro de Dília "Nas Malhas do Devaneio", de autoria de Roberto Santos, publicada no "Fluminense", e a íntegra da entrevista concedida por ela a Silvestre Mônaco.

Abraços.

Elenir


Caríssimos amigos leiam na íntegra a matéria sobre o livro da filósofa Dília Gouveia no Jornal O Fluminense. Se possível repassem este.

"Pessoa reinventa o nosso mundo | Jornal O Fluminense"


clicar no link abaixo:


http://jornal.ofluminense.com.br/editorias/cultura-e-lazer/pessoa-reinventa-o-nosso-mundo#.UkIUm_81CaU.gmail




Caso prefira veja também no FOCUS PORTAL CULTURAL


CLICAR AQUI

http://focusportalcultural.blogspot.com.br/2013/08/assista-na-integra-entrevista-da.html


ABRAÇOS


ALBERTO ARAÚJO

ALBERTO ARAÚJO disse...

Obrigado minha querida amiga Elenir.


Bom dia, obrigado de coração pelos seus constantes repasses dos e-mails que lhe envio, nota-se que você é uma pessoa antenada em tudo. Parabéns pelo seu brilhante empenho em querer deixar fluir seu companheirismo, pelo qual concretiza-se o enlevo magistral de sua pessoa, que sempre mostrou-se íntegra, longe de egoísmos e preconceitos. A lembrar-lhe também que nunca esquecerei o dia em que nos conhecemos, desde então o meu jardim ficou, devido ao seu carisma, pleno de beleza.



Abraços




Alberto Araújo

ELENIR TEIXEIRA disse...

Dília, fiquei feliz ao receber o e-mail do Alberto com a reprodução da excelente resenha do Roberto Santos sobre seu livro, publicada no "Fluminense", pois já tinha procurado o jornal em várias bancas, sem consegui-lo. Encaminhei-o, mediatamente, para o CLIC pois, acredito, muitos se encontravam na mesma situação. Você nos fez muito felizes e orgulhosos. Maia uma vez, Parabéns! Sem quer fazer "fofoca", cuidado! Tem muita gente querendo usar o titulo do livro. Inclusive, eu. Ih! deixei escapar... rsrsrsrsrsrs.

Bjs.

Elenir

NORMA disse...

Dília querida,

estamos muito orgulhosos de você, que é uma mulher de vários talentos: poeta, atriz, mestra, filósofa, escritora e melhor que tudo, amiga e companheira que sabe degustar um bom vinho, uma ótima refeição e sempre um

bom "papo"...

Uma longa, proveitosa e muito prazeirosa vida, com $UCE$$O também!!! é o que lhe desejo com amor, carinho e admiração,

Norma

Maria José Ramos Vargas disse...

Boa tarde, pessoal!



Hoje saiu uma matéria muito elogiosa de “Nas malhas do devaneio” no jornal O Fluminense.

Diz ali o jornalista: “um livro que é encantador do princípio ao fim”; autora que “instiga o leitor a desbravar sua própria existência através da palavra de Fernando Pessoa”.

E ao final conclama a todos nós, poeticamente: “É livro pra ler em ritmo de fogo crepitante, com estalidos de reflexões e de análises.”

Salve, Dília!

RITA MAGNAGO disse...

Dilia, querida, que alegria ler a repercussão de seu livro! Ao invés de parabenizá-la à brasileira, vou à moda portuguesa: Bem hajas!!!


Muitos beijos,

Rita




Rita Magnago



DÍLIA GOUVEIA disse...

Muito obrigada, querido Amigo!

Bem hajas, uma vez mais pela dedicação, pelo carinho. pela amizade.

Abraços

dília