segunda-feira, 31 de março de 2014

CONVITE PARA RECITAL DE 20 ANOS DA ANTOLOGIA "ÁGUA ESCONDIDA" ORGANIZAÇÃO DE NEIDE BARROS RÊGO.


 
 
20 anos de Água Escondida

Apoio Cultural

ACADEMIA FLUMINENSE DE LETRAS

 

          Convidam para o 1º Recital de poemas insertos na Antologia Água Escondida, lançada em 13 de dezembro de 1994, comemorando a passagem do seu vigésimo aniversário.

          O recital será realizado na sede da Academia Fluminense de Letras (Praça da República, s/n – Centro – Niterói), com início às 17 horas do dia 10 de abril de 2014 (quinta-feira).

 
 
 
 
 Organização - Neide Barros Rêgo



 

Sobre o evento, Gracinha Rego - declamadora, escreveu:
Queridos amigos! Há 20 anos foi lançada
a antologia poética "Água Escondida",
organizada por Neide Barros Rego,
com a participação de 234 poetas nascidos
e/ou radicados em Niterói.
Para comemorar o marco,
serão realizados recitais com poesias constantes no livro.
O primeiro será na sede da
Academia Fluminense de Letras
(Biblioteca Pública Estadual - segundo pavimento),
no próximo dia 10 de abril - quinta-feira - às 17h.
Serão homenageados 26 poetas,
entre eles Horácio Pacheco, Marcos Almir Madeira,
Luís Antonio Pimentel, Sávio Soares de Sousa,
Carlos Tortelly Costa e Cesar de Araújo.  
Eu direi um belo poema de Ercules Lamego,
pai da minha querida amiga de IEPIC Lourdinha Silveira.
Contamos com a presença de todos que conhecem o nosso trabalho,
familiares dos poetas e os que apreciam o Belo!
 
 
Gracinha Rego - declamadora
 
 
 
 
 
 
 
 
Prezados Foculistas.
Vamos prestigiar este grande evento cultural,
em nossa cidade.
Vocês todos, estão convidados.
 
 
 

sábado, 29 de março de 2014

APRESENTAÇÃO DA COLETÂNEA LITERÁRIA DE ALBERTO ARAÚJO NO SITE FÊNIX DE CARMO VASCONCELOS E HENRIQUE RAMALHO DE PORTUGAL PARA VISUALIZAR ACESSAR O LINK ABAIXO.

Prezados Leitores Foculistas. O Focus Portal Cultural orgulhosamente apresenta  a coletânea Literária do escritor e jornalista  Alberto Araújo. No Site Fênix de Portugal. Para visualizarem corretamente todas as páginas da Coletânea, sugerimos clicarem no link abaixo:
 
 
- LIGUE O SOM -
 
 
(Obs: Instruções : Quando vocês conseguirem entrar na primeira página,
é só ir clicando no final, para somente então as próximas páginas abrirem, ok.)
 
 
Visitem todas as Coletâneas de Arte e Literatura em:
 


 
Faça a sua Coletânea Pessoal (GRATUITA)
 
- Agora com tradutor automático em todas as páginas -
 
***
 
CONTATO
 
Carmo Vasconcelos e Henrique Lacerda Ramalho
 
 
 
 
 
 

sexta-feira, 28 de março de 2014

PARA O FILHO DE ITALIANO DE LUCCA - TOSCANA - HOMENAGEM DO FOCUS PORTAL CULTURAL A JULIO CEZAR VANNI.

(clicar na imagem para assistir ao vídeo)


OU CLICAR PARA ASSISTIR NO CANAL YOU TUBE DO FOCUS

https://www.youtube.com/watch?v=EY7bdrRES20
Julio Cezar Vanni – escritor e professor


PARA O FILHO DO ITALIANO DE LUCCA-TOSCANA

JULIO CEZAR VANNI.



Inicio esta homenagem com o singelo pensamento - provérbio toscano- que Julio Cezar Vanni, sempre, nos repassava:

“Quem não tem história para contar aos pósteros, é melhor que não tivesse nascido”.


O Focus Portal Cultural – 3 anos divulgando a cultura fluminense, presta grande homenagem ao querido filho de italiano de  Lucca -Toscana – Julio Cezar Vanni. Nobre personalidade que, para nós amigos e admiradores, deixou uma grande saudade.

Somos testemunhos de sua dedicação e de seus ideais, procurando estimular a produção literária, projetando valores no cenário da cultura fluminense, fiel escudeiro, animado, altamente responsável e preservador do Cenáculo Fluminense de História e Letras.

Sua morte abriu uma lacuna irreparável no ambiente dos intelectuais fluminenses. Literato dos mais admirados, sua presença era sempre solicitada em inúmeras instituições culturais da capital, do interior e exterior.

Apreciava muito  sua terra natal e sua raiz italiana. Recentemente, esteve por duas vezes na Itália e em Pequerí – Minas Gerais, tentando preparar a todos  e profetizando, eventualmente, quem sabe, a sua despedida,  daqueles lugares que ele, particularmente, tanto amou.


Ao Julio Cezar Vanni, o Focus Portal Cultural  tributa honorífica homenagem, relembrando em imagens os seus feitos e, ao mesmo tempo, exaltando-lhe o mérito irrefutável da intelectualidade.


Ele deixou um lastro de nostalgia e nos alivia a certeza de que sua lavoura na vida terrena pertence ao patrimônio dos grandes vates do solo fluminense.

E no parnaso célico a consagração o eterniza. E para fazer jus elucidamos com os versos:


Julio Cezar Vanni...

Pronto, agora que estás aí.

No interminável - no glorioso Céu.

Onde tudo é mais luminoso,

e não precisa-se ser vaidoso.

Apenas viver em harmonia.

Diante de Jesus Cristo, o filho de Deus.

Reveles a tua pulcra poesia,

Nascida dos transparentes versos seus.

Aquela, que fizeste na terra com alegria.

De faróis e bandas de músicas

Deslumbras com a sua melodia,

todos os santos e a Santa Mãe - Virgem Maria. 


Acadêmico, jornalista, escritor altamente produtivo, escreveu vários livros e possui cerca de milhares artigos, em jornais de Niterói e pelo mundo. Viveu intensamente seus dias em prol da cultura fluminense.   Em sua longa e proveitosa trajetória, uma parte a que lhe devotou especial carinho, foi expressadamente o Cenáculo Fluminense de História e Letras. Entidade que, faminto, arregaçou as mangas e tentou fazê-la uma das melhores casas de cultura de Niterói.

Acreditamos  que obteve êxito, porque o Cenáculo, hoje, é a alavanca da excelência cultural, a possível mística: Padrão fluminense de cultura, que une inteligência, cultura e simpatia, uma das líderes incontestes,  inseridas nas entranhas da intelectualidade fluminense e no seio da comunidade de Niterói, essa tão nobre cidade, que ele se orgulhava em dizer,  uma das mais intelectualizadas do país.

Dotado de um intenso sentimento amigável, alegre, corajoso, dinâmico e empreendedor.  Sócio fundador do jornal Comunità Italiana.

Cultivador de uma solidariedade infindável,    Sempre uniu o seu lado peninsular com  raízes mineiras, tornou-se uma personalidade admirável e de profundo respeito. Agraciado com diversas premiações, sem dúvidas  -  uma das figuras mais competentes que  conhecemos.

Professor universitário, jornalista, bacharel em direito e pedagogo. É membro do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais, Instituto Histórico e Geográfico de Niterói e da Academia Juizforona de Letras.

Atualmente, presidia o Cenáculo Fluminense de História e Letras e outras instituições do país.

Julio Cezar Vanni, filho de italiano de Luca, na Toscana, nasceu em Pequeri, Minas Gerais, em 25 de março de 1927.


Faleceu em 27 de março de 2014. Seu corpo foi velado das 16 às 19 horas, no Cemitério de Charitas e, logo após, seguiu para sua cidade natal Pequerí – MG.



Presenças em seu velório no Cemitério de Charitas – Dentre tantas anotadas:


Família – Ruth (esposa), Gioconda(irmã), Kátia(filha) e outros. 


Amigos - Renato Augusto Farias de Carvalho(escritor e acadêmico), Márcia Pessanha( vice-presidente do CFHL), Aldo Pessanha (ativista cultural), Alberto Araújo (jornalista e escritor), Shirley Lopes, Marco Aurélio Faria(pianista)representando sua mãe a filóloga Dionilce Silva de Faria e os escritores: Paulo Roberto Cecchetti, Carlos Rosa, Will Martins, Liane Arêas, Gilson Rolim, Edel Costa, Neide Barros Rêgo, Gracinha Rego, Domênica, e membros do Clube Italiano, entre outras.

  

****


A nós, Cenaculistas, aqui, fica o registro da despedida do nosso saudoso Julio Cezar Vanni. A sede definitiva do Cenáculo, por exemplo...


MENSAGEM



Grande Alberto... Uma vez mais está de parabéns, com a tão variada reportagem, 
ao já saudoso Julio Cezar Vanni.  Sua alma esteja em paz e sossego.

Amém.
                              
                             Julio Vanni, escritor,
                             jornalista igualmente...
                             Hoje, no céu, com o Senhor,
                             e os anjinhos, mais contentes. 
                                             

                           




                     

J. Pais - Poeta e trovador Português.



Agradecimento de Alberto Araújo a José Pais

Obrigado! amigo José Pais de Moura Simões, pela sua mensagem majestosa,
que você enviou pelo meu e-mail. Obrigado de coração.
O amigo Julio Cezar Vanni, pelo ser humano íntegro, bondoso e prestativo que foi, 
está agora em paz com Jesus Cristo e a Nossa Mãe Maria.




ALBERTO ARAÚJO
Editor do Focus









AVISO DA ACADEMIA NITEROIENSE DE LETRAS.

 
Em consequência da abrangência das obras de manutenção ora realizadas no conjunto arquitetônico que engloba os prédios nos quais estão sediadas a Fundação Municipal de Educação e a Academia Niteroiense de Letras.
 
 A Diretoria da Academia Niteroiense de Letras, decidiu adiar os eventos programados para o mês de abril, de 2014.
 
 Exceto a sessão em homenagem ao centenário de nascimento de Macário Picanço, ex-ocupante da Cadeira 14, que será realizada no dia 16, na sede da Academia Fluminense de Letras (Praça da República, s/nº - Centro), tendo por orador o acadêmico titular Waldenir de Bragança.
 
Tendo em vista que o prazo previsto para a execução das obras é de 60 dias, os eventos programados para o mês de maio vindouro também foram adiados.
 
 Exceto o Painel da Saudade em louvor à memória de Yara Vidal, ex-ocupante da Cadeira 22, que deverá ser realizado no dia 14 do mencionado mês, em local a ser oportunamente divulgado.
 
 
 

CONVITE PARA VOZES CONTEMPORÂNEAS A FICÇÃO CONFERÊNCIAS DA ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS EM ABRIL.

 
 
Acadêmica Nélida Piñon faz na ABL
 
a conferência de abertura do ciclo
 
“Vozes contemporâneas – a ficção”
 
 
 
A Acadêmica Nélida Piñon fará a palestra de abertura do ciclo “Vozes contemporâneas – a ficção”, sob coordenação do Acadêmico e jornalista Cícero Sandroni, denominada “A voz que narra no escuro”. O evento está programado para terça-feira, dia 1º de abril,  às 17h30min, no Teatro R. Magalhães Jr., Avenida Presidente Wilson 203, Castelo, Rio de Janeiro. Entrada franca.
 
A coordenação geral de todos os ciclos de conferências deste ano é do Acadêmico e poeta Antonio Carlos Secchin.
 
Os ciclos de conferências são transmitidos ao vivo pelo portal da ABL.
 
 
Saiba mais
 
 
A palestrante
 
 
                         Nélida Piñon - escritora
 
 
Quinta ocupante da Cadeira 30, eleita em 27 de julho de 1989, na sucessão de Aurélio Buarque de Holanda e recebida em 3 de maio de 1990 pelo Acadêmico Lêdo Ivo, Nélida Piñon é formada em Jornalismo pela Faculdade de Filosofia da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Professora da UFRJ, onde inaugurou a primeira cadeira de Criação Literária, foi titular da cátedra Dr. Henry King Stanford in Humanities, da Universidade de Miami.
 
Membro do Conselho Curador da Fundação Rio da Prefeitura Municipal do RJ, e membro do Conselho do Pró-Livro do MEC. Ocupante da Cátedra Júlio Cortázar, em Guadalajara, México é ocupante da Cátedra Alfonso Reyes. Membro correspondente da revista Mundo Nuevo, assistente da revista Cadernos Brasileiros, membro do Conselho Consultivo da revista Tempo Brasileiro, membro do conselho Editorial das revistas: Imagem Latino-americana, Encyclopedia of Latin American Literature; e foi colunista jornal O Dia.
 
Possui os títulos de Doutor Honoris Causa da Universidade de Florida Atlantic,USA; da Universidade de Poitiers, França; da Universidade Estadual de Nova Jersey; da Universidade de Santiago de Compostela, Espanha; da University of  Rutgers,USA; da Université de Montréal, Canadá e da Universidade Autômoma do México – UNAM. Pertence ao PEN Club do Brasil, ao Instituto Histórico e Geográfico do DF, à Academia de Cultura de Curitiba, ao PEN Clube Internacional, ao “International Pen Women Writer's Committee”, ao “Phi Beta Kappa” – Universidade de Miami, à Academia das Ciências de Lisboa, e à Academia Brasileira de Filosofia.
 
Prêmios Nacionais:

Prêmio Walmap para Fundador;
Prêmio Mario de Andrade da Associação Paulista de Críticos de Arte- APCA para A Casa da Paixão;
Prêmio da APCA para A República dos Sonhos;
Prêmio de ficção do PEN Clube para A República dos Sonhos;
Prêmio José Geraldo Vieira da União Brasileira de Escritores – UBE para A Doce Canção de Caetana;
Prêmio Golfinho de Ouro pelo conjunto da obra, Governo do Estado do Rio de Janeiro;
Prêmio Bienal Nestlé, pelo conjunto da obra;
Prêmio Adolpho Bloch;
Prêmio de Honra ao Mérito do Rotary Club;
Prêmio Jabuti por Vozes do Deserto.
 
 
Prêmios Internacionais:
Prêmio Simon Bolívar, Rio de Janeiro;
Prêmio Simon Dawidowitz, Miami;
Prêmio Juan Rulfo de Literatura Latino-Americana e do Caribe, México;
Prêmio Ibero-Americano de Narrativa Jorge Isaacs, Colômbia;  Prêmio Rosalía de Castro, PEN Clube da Galícia, Espanha;
Prêmio Menéndez Pelayo, Espanha; Puterbaugh Fellow, Universidade de Oklahoma, Estados Unidos;
Prêmio Príncipe de Astúrias, Espanha;
Prêmio Woman Together, Estados Unidos
Prêmio Cátedra Enrique Iglesias de Cultura e Desenvolvimento, Estados Unidos
 
Bibliografia

Guia mapa de Gabriel Arcanjo
Madeira feita cruz
Tempo das frutas
Fundador
A casa da paixão
Sala de armas
Tebas do meu coração
A força do destino
O calor das coisas
A República dos sonhos
A doce canção de Caetana
O pão de cada dia
A roda do vento
Até amanhã, outra vez
Cortejo do divino, e outros contos escolhidos
O Presumível Coração da América
Vozes do Deserto
Aprendiz de Homero
Coração Andarilho
Livro das Horas



Acesse o site:


http://www.academia.org.br/abl/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=15968&sid=1015

quarta-feira, 26 de março de 2014

domingo, 23 de março de 2014

AGENDA - VEM AÍ O LANÇAMENTO DO LIVRO "O SABER DA LÍNGUA AO SABOR DAS DICAS - 500 DICAS ESCLARECEDORAS DA FILÓLOGA DIONILCE SILVA DE FARIA.

 
 
 
AGENDA - VEM AÍ O LANÇAMENTO DO LIVRO
 "O SABER DA LÍNGUA AO SABOR DAS DICAS
500 DICAS ESCLARECEDORAS"
 DA FILÓLOGA DIONILCE SILVA DE FARIA
 
 
CONVITE
 
 

LANÇAMENTO DO LIVRO

 
Local : Centro Paschoal Carlos Magno
Data: 24 de abril de 2014
Horário: das 18h às 21h30
 EDITORA NITPRESS
 
Durante o lançamento será servido um coquetel
 
 
 
(CLICAR NA IMAGEM PARA AMPLIÁ-LA)

(CAPA DO LIVRO O SABER DA LÍNGUA AO SABOR DAS DICAS)
 
(MONTAGEM ALBERTO ARAÚJO)

(CONTRA CAPA)

(1 ª ORELHA POR VALDEA SIANNA)
 
(2ª ORELHA - PERFIL DE DIONILCE)
 
 
 
 

CURSO DE HISTÓRIA: CONHECENDO NITERÓI COM OS PROFESSORES SALVADOR MATA E SILVA E CRISTINA PONTES. FAÇA SUA INSCRIÇÃO É TOTALMENTE GRÁTIS.


 
 
 
A Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia de Niterói – SEMECT, a Fundação Municipal de Educação, através do Memorial Roberto Silveira Centro de Memória da Historia e da Literatura Fluminense, realizam, em parceria com a Diretoria de Gestão de Pessoas/Núcleo de Atenção à Saúde do Servidor.

Curso de História: Conhecendo Niterói.

(O CURSO DARÁ DIREITO A CERTIFICADO).

PROJETO CONHECENDO NITERÓI


INTRODUÇÃO

A cidade de Niterói, com seus pontos culturais, históricos e artísticos, possui um harmonioso conjunto paisagístico, com estonteantes belezas naturais e urbanas do Estado do Rio de Janeiro. Promovendo encontros e passeios turísticos por Niterói, incentivamos o interesse pela nossa cidade e melhoramos nossa qualidade de vida.


JUSTIFICATIVA


Com o objetivo de fomentar a História de Niterói, a dupla de professores/historiadores vem, neste momento, propor a realização do I Curso de História de Niterói: Conhecendo Niterói. O curso terá a duração de 60 horas, ocorrendo entre 01 de abril e 18 de novembro de 2014. Neste curso serão focalizadas a história e a geografia de Niterói, perpassando pelas cinco regiões administrativas da cidade. A dupla de professores/historiadores produzirá esse curso na certeza de enriquecer o conhecimento dos cidadãos, desde o período colonial até nossos dias.


OBJETIVOS


O I Curso de História de Niterói: Conhecendo Niterói terá como objetivo, em um sentido mais amplo, ressaltar a importância da história como Ciência, além de capacitar os servidores no que diz respeito à História de Niterói. Em uma perspectiva mais restrita, a meta será destacar a relevância dos bairros de Niterói, fazendo um levantamento histórico, geográfico, econômico, social e político no processo evolutivo niteroiense.


METODOLOGIA


O I Curso de História de Niterói será realizado através de técnicas e métodos de pesquisas, sendo empregados diversos recursos didáticos nas atividades propostas. A metodologia usada será de cunho qualitativo, observando, por exemplo, a análise e comparações de documentos históricos.


HIPÓTESES


Provar através de estudos da História de Niterói, seu processo evolutivo histórico, ainda com ampliações sociais, econômicos e culturais. Analisar a importância da nossa história durante os séculos, com o uso de trajetórias e depoimentos singulares utilizados pela sua historiografia.


PÚBLICO ALVO


Servidores da rede municipal de Niterói, historiadores, pesquisadores, professores, estudantes universitários e demais cidadãos interessados pela História de Niterói.

PERÍODO E LOCAL

O curso será realizado sempre nas 1ª e 3ª terças feiras de cada mês, das 15 às 17 horas, no auditório Luiz Antônio Pimentel, localizado no Memorial Roberto Silveira – Centro de Memória da História e da Literatura Fluminense. Haverá visitas guiadas em dias e horários alternados, entre quartas e quintas feiras.


INSCRIÇÕES


Poderão ser realizadas através dos e-mails:

nasseducacaoniteroi@gmail.com (a/c Prof.ª Cristina Pontes),

MemorialRobertoSilveira@gmail.com, telefone (21) 27291902 ou

no próprio local do curso.

 

O CURSO DARÁ DIREITO À CERTIFICADO

PROGRAMAÇÃO

1 INTRODUÇÃO:  CONHECENDO NITERÓI

2 – A PRÉHISTÓRIA DE NITERÓI

3 – A GEOGRAFIA DE NITERÓI

4 – NITERÓI: DE ARARIBÓIA ATÉ HOJE

5 – MONUMENTOS NATURAIS DE NITERÓI

6 – AS FAZENDAS DE NITERÓI

7 – AS IGREJAS DE NITERÓI

8 - COLÉGIO SALESIANO

9 – A EDUCAÇÃO EM NITERÓI

10 – A SAÚDE EM NITERÓI

11 – O LICEU DE NITERÓI

12 – A PRAÇA DA REPÚBLICA E SEU ENTORNO

13 – A TRAVESSIA DA BAÍA DE GUANABARA

14 – O TRANSPORTE EM NITERÓI

15 – A PRÁTICA FORENCE/ JUSTIÇA EM NITERÓI

16 – HISTÓRIA DA CÂMARA DE VEREADORES DE NITERÓI

 
 
VISITAS GUIADAS

 
1 MONUMENTOS NATURAIS DE NITERÓI

2 – FAZENDAS DE NITERÓI

3 – PONTA DA AREIA/INDÚSTRIA NAVAL

4 – AS IGREJAS MAIS ANTIGAS DE NITERÓI

5 – RUA DIREITA: O MAIS ANTIGO CORREDOR CULTURAL

6 – JARDIM SÃO JOÃO: CENTRO DE CONVÍVIO

 

CONCLUSÃO

 

O curso terá a finalidade de se transformar em “COMPÊNDIO” na tentativa de expressar uma “HISTÓRIA VIVA” e ainda mostrar à comunidade de Niterói, através da mostra fotográfica, um novo “OLHAR” sobre nossa cidade.

 

BIBLIOGRAFIA

ALMEIDA, Antônio Figueira de. História de Niterói. Diário Oficial. Niterói. 1931;

ANAIS DA BIBLIOTECA NACIONAL DO RIO DE JANEIRO; CADERNOS. Instituto Histórico e Geográfico de Niterói, nº 01. 1978 e nº 03, 1998;

CASEDEI, Thalita de Oliveira. Páginas de História Fluminense.

Casa do Homem de Amanhã. Niterói, RJ. 1971. 2300 p;

_______________. Niterói: A terra e o Homem. Gráfica Jornal da

Cidade. 1997. 176 p. il. 21 cm;

FALCÃO, Rubens. Antologia de Poetas Fluminenses. Rio de

Janeiro. Record. 1968. 316 p;

FORTES, José Mattoso Maia. Notas para a História de Niterói. INDC. 1973;

________________ . Tradição de Niterói. INDC. 2ª ed. Niterói. 1975;

________________ . Município de Niterói;

INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO DE NITERÓI. II Curso

de História de Niterói. Niterói: Imprensa Oficial. 2000. 140 p;

JORNAL DO INSTITUTO HISTÓRICO DE NITERÓI. Nº 01. 1976;

LACOMBE, Lourenço Luiz. Os chefes do Executivo Fluminense.

Petrópolis. MEC. 1973. 118 p;

LAMEGO FILHO, Alberto Ribeiro. O Homem e a Guanabara. Rio

de Janeiro. IBGE. 1948. 249 p;

MAGNO, Pascoal Carlos (coord.). Niterói Quatro Anos. Rio de

Janeiro, RJ. Comissão Diretora do IV Centenário de Niterói. 1973;

PIMENTEL, Luiz Antônio. Topônimos Tupis de Niterói;

_________________ . Eles nasceram em Niterói. INDC. Niterói. 1974. 102 p;

SARTHOU, Carlos. Passado e Presente da Baía de Guanabara.

Rio de Janeiro. Freitas Bastos. 1954. 226 p;

SILVA, Salvador Mata e. Nobreza Niteroiense. Rio de Janeiro.

MARSJPRINT Serviços Gráficos. 1997. 86 p;

__________________ . Sesquicentenário da Irmandade de São

Vicente de Paulo. Niterói. Ed. Muiraquitã. 2005. 120 p;

SOARES, Emanuel de Macedo. As ruas contam seus nomes. Rio

de Janeiro. GRAFCEN. Vol. 1. 1993. 360 p;

__________________ . A Prefeitura de Niterói. Niterói. Êxito/ Funiarte. 1992;

__________________ . Monumentos de Niterói. Niterói. Êxito/ Funiarte. 1992;

WHERS, Carlos. Niterói Cidade Sorriso. A História de um lugar. Rio de Janeiro. Gráfica Vida Doméstica. 1984;

__________________ . Niterói: Ontem e Anteontem. Rio de Janeiro. Edição do autor. 1986.

 
 
Coordenadores












 
 
 
Salvador Mata e Silva – professor, jornalista, historiador e escritor
 

Cristina Pontes professora e escritora



MAIS INFORMAÇÕES:
 
 
sobre o projeto acesse: