sexta-feira, 2 de maio de 2014

MOÇÕES DE APLAUSOS PARA 22 PERSONALIDADES DE NITERÓI. CONFIRA.


Na terça, dia 29, às dez da manhã, JAYME SUZUKI, homenageou com Moções de Aplausos 22 mulheres de Niterói, todas empreendedoras com relevantes serviços prestados a nossa cidade, dos diversos segmentos profissionais. Médicas, professoras, engenheiras, lideranças comunitárias, jornalistas, advogadas, arquitetas, enfim, MULHERES que fazem e fizeram a nossa cidade ficar mais bonita e feliz. São elas:
 
1-Keiko
2- Irmã Irenita
3- Dora Negreiros
4- Maria Regina Pontes de Matos  
5- Maria Marli Mello da Cruz
6- Estela Prestes
7- Yara Amorim
8- Fátima Christo
9- Berenice Coutinho
10-Zelina Caldeira
11- Bia Bedran
12-Ângela Brasil
13- Pedrita Mikail
14- Carla Tavares
15-Mariney Klecz
16- Verena Andreatta
17- Alice Vinagre
18- Nicoleta Rebell
19- Angela Cristina Siqueira
20- Fernanda Sixel
21-Ana Lucia Schick
22- Maria Libia Assef

Em nome de todas as personalidades, a Promotora de Justiça Ângela Brasil se pronunciou. O Focus Portal Cultural, sempre atento aos valores culturais de nossa cidade, enfoca o brilhantismo, a competência das personalidades acima citadas, parabenizando-as pelas suas conquistas e renovações expressadas aos longos de suas caminhadas. Parabéns!
 
Como homenagem, o Focus Portal Cultural selecionou os textos abaixo, de uma das mulheres homenageadas, a querida educadora Nicoleta Rebel, (para quem não sabe Nicoleta é esposa de grande escritor e poeta de Niterói, Sandro Rebel), que sempre nos prestigiou com sua presença nas páginas desta revista, e que também nos enviou as fotos para ilustrar esta página, obrigado e Parabéns! Nicoleta.


VAI, Ó TEMPO SETEMBRO!
 
O tempo não para, anda, melhor, corre,
Destruindo essa dura distância
Que percorremos sem a almejada correria.
Salva-nos uma saudável paciência,
Que emerge de tranquilas consciências.
Mas minha andança tem uma direção única,
Que havemos de alcançar, juntos ou não.
Não importa quando chegaremos lá.
Um amor puro semeia este rude caminho,
Com esperanças bem nutridas
Pela convicção de nossos sonhos.
Sabemos nesse longo tempo
Da existência de simbólicos segredos,
Somados a silêncios sofridos...
Certamente, eles se esvairão
Com nossas amorosas confissões.
Temos muito a dizer e a fazer,
Num futuro que lamentavelmente é curto,
Mas que se tornará suficiente,
Por nossas mentes e almas,
Por nossos corpos ardentes,
Por nossas vidas penitentes!
 

***

 

Julia
 
 
 
Observando Julia, bela, jovial, segura, ao volante de seu carro, eu procurava entender sua complexa personalidade, já questionada por toda a vizinhança. Dirigia imprimindo ao carro uma velocidade audaciosa que me deixava sobressaltada, mas como, gentilmente, mesmo não tendo comigo muita intimidade, me tivesse oferecido aquela carona para que eu me protegesse da chuva que caía forte, fiquei sem graça de comentar meu mal estar.
 
De família simples, pelo que se sabia, ela não fora acostumada a ter tudo à mão, a tempo e à hora. Ela e os irmãos trabalhavam desde cedo e pareciam vencedores em suas profissões, ainda que somente iniciadas.
 
Eu tentava desvendar alguma coisa sobre sua alma, mas a moça era precavida, discreta e quase não falava durante nossa curta viagem. Pelas poucas palavras pronunciadas pude notar nela uma grande ansiedade em realizar bem as tarefas que lhe eram atribuídas em seu serviço e sua ambição de alcançar os mais altos postos na companhia em que atuava como analista da área de Tl.
 
Gostava do lazer. Pelas amigas soube que costumava frequentar shows e apreciava demais cinema e teatro. E sempre em suas férias, arranjava pequenas viagens para se distrair, o que, ao que se dizia, aborrecia muito a seus pais.
 
No amor, exagerava. Houve época em que colecionava vários namoricos, concomitantemente, o que dava margens a fofocas na vizinhança. Falando sobre o assunto, esquecia a timidez e mostrava, orgulhosa, a alegria que lhe dava o fato de ser admirada por tantos rapazes.
 
Profissionalmente, Julia parecia ser dedicada pois sempre trabalhava muito, ocupando cargos importantes nas empresas, o que só aumentava sua vaidade contida.
 
Percebia-se, então, que a moça apresentava algumas características que se constituíam bons temas para estudo de psicólogos, para seguir a moda atual, pois não estávamos, como seria de se supor, diante de uma moça leviana ou mal comportada. Ela se fez respeitar por todos os candidatos e também pelas pessoas de seu grupo e do entorno. Ao final de alguns anos, conforme relato próprio, fechou este álbum de recordações e escolheu um só "mancebo" ao qual vinha se dedicando seriamente até ali.
 
Notava-se, porém, em seu semblante, um certo ar de tristeza cuja causa ninguém se encorajava a questionar, muito menos eu que com ela não tinha tanta liberdade, porque ela mostrava-se muito reservada.
 
Estávamos já chegando ao ponto em que cada uma deveria tomar seu caminho quando, repentinamente, dando-me um verdadeiro susto, ela perguntou-me: "E você, Juliana, sente-se feliz no casamento? Eu estou reunindo dados para compor um livro que estou terminando de escrever, mas tenho obtido quase sempre respostas que não diferem muito da minha: custei tanto a me casar, escolhi a dedo meu marido, mas ele não me faz feliz.”
 
O carro parou e eu não hesitei em abrir logo a porta sem dar a ela minha resposta.

Mas tive dela, enfim, a confissão que esperava e que vinha explicar muitas facetas de sua personalidade e muitas de suas atitudes de vida.


 
Nicoleta Rebel

 

Nicoleta Rebel - educadora
Momento em que recebe a Moção de Aplausos
 
 
 

 
 
O Focus Portal Cultural, agradece as imagens e o texto que a educadora Nicoleta Rebel, nos enviou gentilmente para ilustrar esta página. Obrigado!!!
 
 

2 comentários:

Edson Carvalho de Luna Freire disse...

Parabéns as Mulheres pelo seu dia e essas grandes homenageadas meus sinceros parabéns e felicidades!

Nicoleta Rebel disse...

Muito bonita a Homenagem do Vereador Jayme Suzuki a um grupo tão numeroso , simpático e qualificado de mulheres de Niterói.
Está de parabéns o Vereador que não se prendeu a cores ou preferências políticas das homenageadas.