terça-feira, 22 de julho de 2014

COBERTURA FOTOGRÁFICA DO RECITAL DO G.A.R.I.N.P.O. HOMENAGEM A ESCRITORA EDEL COSTA.


(CLICAR NA IMAGEM PARA ASSISTIR AO VÍDEO)



OU CLICAR NO LINK PARA ASSISTIR NO 
CANAL DO YOU TUBE


 

Aconteceu dia 19 de julho, o sarau de poesias da Associação G.A.R.I.N.P.O (Grupo de Arte, Resistência e Informação Poética) em homenagem a escritora EDEL COSTA. Amigos e apreciadores da poesia  de Edel Costa estiveram presentes ao evento, que foi um grande sucesso!

O Focus Portal Cultural, registrou tudo e trouxe para você. Confira o vídeo e as imagens.


 
IMAGENS DO EVENTO
 




























EDEL COSTA, filha de Edésio de Oliveira Costa e Alice Martins Costa, nasceu em Ponta d 'Areia, Niterói, RJ,  em 25 de fevereiro de 1936.

Anos mais tarde, seus pais mudam-se para a Rua Presidente Pedreira, 37 casa 7 - Ingá.  O bairro sempre foi polo do saber e do poder, abrigando, além da Faculdade de Direito, a antiga sede do Governo Estadual, Palácio Nilo Peçanha, e o Museu Antonio Parreiras.

        Os anos transcorriam... Seus pais, sonhadores e amantes da natureza, resolveram se instalar no bucólico bairro CUBANGO, dotado de excelente clima. Nessa época o bairro ainda conservava algum primitivismo, pois existiam resquícios da casa da fazenda. Entre montanhas verdejantes, um rio se espreguiçava sinuosamente, tendo a seu lado a Rua Noronha Torrezão, com belas residências...

        Edel foi alfabetizada por sua mãe. Aos 5 anos, cursava a primeira série e, desde menina a na adolescência, já recebia elogios de seus professores devido à dedicação  e interesse pelas aulas, alcançando ótimos conceitos.  Completou o Curso Primário e o Ginasial no Colégio Figueiredo Costa, onde teve excelentes professores.

        Apoiada por seus pais e tios, foi crescendo com fascínio pelos livros, pelo saber. Do acervo bibliográfico de seus ancestrais faziam parte Ovídio, Victor Hugo, Dante Alighieri e outros, além de autores brasileiros tais como Castro Alves, Gonçalves Dias, Casimiro de Abreu, Olavo Bilac, Cruz e Souza.

        Conta-se, na roda familiar, que seus avós, Luiz Apool Martins e Raymundo de Oliveira Costa, além de comerciantes, eram dotados de verve ímpar, todavia seus trabalhos perderam-se com o passar dos anos. O primeiro tinha talento para as Letras e as artes teatrais.

        Na vida profissional, trabalhou como operadora mecanográfica e secretária de gerente de banco, tendo cursado contabilidade e modelagem e estilismo.    

        Para satisfazer aos anseios de seu espírito artístico, dedicou-se, em 1988, ao Curso de Pintura em Telas com os professores Mauro Nolasco (desenho) e Verônica Accetta (pintura).    

         Em 1991, deu continuidade às Artes Plásticas, no Curso de Pintura Rebello, ministrado pelo Prof. Paulo Rebello, conquistando medalha de bronze com o trabalho, ROSAS, na exposição dos alunos do curso, o que ocorreu no Colégio La Salle, Niterói, em novembro de 1993.   

        Em 1995 a poetisa participou da Coletânea "Ressurgindo em Prosa e Verso" elaborada pelo escritor Moacyr Sacramento.  Finalíssima nos Festivais de Poesias "Mater-Dei" e "IPC", ambos produzidos pela produtora cultural Mila Barbosa, em Niterói RJ.  Sócia da Associação Profissional de Poetas no Estado do Rio de Janeiro.

        Em 1997 conquistou o 1º lugar no Concurso de Poesias SESC - Niterói com o trabalho 'Piano-Bar".    Participou do projeto "Poetas de Minha Terra", parceria da Faculdade Universo com a Prefeitura de São Gonçalo.

        Participou da Coletânea "Taba Cultural" - Letras no Brasil.  Em 1998 obteve o 4o lugar no Festival Monjolos, São Gonçalo RJ, e Menção Honrosa em Magé RJ, com o trabalho "Terra Mesclada"; 3º lugar no Festival FAMATh de Poesias, Niterói RJ, com o poema "Operário Padrão"; hacaísta em fls. anos 97, 98, 99, produção do ilustre escritor Manoel Fernandes Menendez, São Paulo, SP.

        Edel recebeu o título "Destaque em Comunicação", 1999, outorgado pela Associação Fluminense de Propaganda, na pessoa de seu presidente, o publicitário Agenor Paulo Azeredo; participou da APAESIA 98 e 99, na Aliança Francesa de Niterói, evento em benefício da APAE, produzido pela escritora  e poetisa Alda Corrêa Mendes Moreira.

 Participou da Coletânea "Emoções Poéticas", da Editora Solon Ribeiro - Paulo de Frontin, RJ, e da APPERJ, coletânea "Perfil de um Novo Milênio".

Tem vários trabalhos publicados em jornais de São Gonçalo e Niterói.

Em 2000, participação no kidai verão, São Paulo, SP; menção especial  trova Magé-Turístico, Magé, RJ;  5 lugar com o trabalho "Qual um Stradivarius"no Concurso Internacional de Versos, produção da Sociedade Latina do Brasil, em Mogi das Cruzes, SP; menções honrosas: Academia de Letras e Artes de Paranapuã e Federação das Academias de Letras do Brasil, ambas com sede no Rio de Janeiro.

        No decorrer desse ano de 2000, proferiu palestras no Cenáculo Fluminense de História e Letras, com os títulos "Fernando Pessoa -- Ecos de sua multiplicidade", "Antero de Quental... na mão de Deus eternamente" e "Uma Fênix em Niterói... a Ilha da Boa Viagem".
 

ESTA É UMA DIVULGAÇÃO


LOCAL - Biblioteca Estadual de Niterói 

(Praça da República, s/nº - Centro).



FONTE BIOGRÁFICA:


Um comentário:

Levi Alucinação disse...

Alberto

Obrigado pelo vídeo da homenagem a Edel costa,
ficou lindo.

Você é o cara..........................................

Levi Alucinação