domingo, 12 de outubro de 2014

SOLENIDADE DOS 91 ANOS DO CENÁCULO FLUMINENSE DE HISTÓRIA E LETRAS.

(Clicar na imagem para assistir ao vídeo)

SOLENIDADE DE 91 ANOS DO 
CENÁCULO FLUMINENSE
DE HISTÓRIA E LETRAS, QUE ACONTECEU
NO DIA 20 DE SETEMBRO DE 2014.



Ou clicar no link do canal do You Tube do
FOCUS PORTAL CULTURAL



91º ANIVERSÁRIO DO CENÁCULO FLUMINENSE DE HISTÓRIA E LETRAS.



Participar do festejo dos 91 anos de existência de entidade histórica e literária, como o Cenáculo Fluminense de História e Letras. Foi extremamente algo maravilhoso e acima de tudo sonoro, sem qualquer margem de dúvidas, ver que a instituição está cada vez mais intensa e demonstra uma força de espírito de integração social que anima a todos.

Salientando, o embasamento do entusiasmo, na fiel produção acadêmica, nas íntegras realizações feitas pelos seus gestores, firmemente, a caudalosa contribuição do saudoso presidente Julio Cezar Vanni.


Incansavelmente representou a instituição, com honradez e dignidade, garantindo ao estado e à cidade de Niterói a projeção do autêntico valor das letras e da cultura histórica que o Cenáculo carrega nas veias. Um legado refletido e pluralizado, um patrimônio sob a égide dos irmanados.

Infelizmente, ele não se encontra mais, entre a gente, partiu ao parnaso recentemente. Fica portanto -  o nosso testemunho e o registro de seu ardoroso empenho, na ampulheta do tempo.


Julio Cezar Vanni, escritor, poeta e professor mineiro | 25 de março 1927  - 27 de março 2014.




Na busca devotadamente literária, no objetivo da chama permanente ao ideal dos cenaculistas, que durante sua existência, cada um dos imortais, mostraram-se verdadeiros partícipes, conservando a nobreza cultural de nossa terra, isso nos orgulha e muito. 


 
Márcia Maria de Jesus Pessanha, 
professora, acadêmica,
presidente do Cenáculo,
presidente da ANL.


Com destaque especial para a acadêmica Márcia Maria de Jesus Pessanha, que no longo dos seus mandatos, soube e dar novo dinamismo à instituição, mesmo encarando dificuldades, florescidas na inexistência de uma sede determinante. Soube e sabe unir inteligência, cultura, dedicação e acima de tudo simpatia.

Ela se torna então, uma das líderes com aprimorados valores incontestes no âmbito cultural e no entrelace da intelectualidade de nosso território. Nas clarinadas do seu humanismo transparente, ela sabe configurar a história e a literatura com certa nitidez, demonstrando a fímbria que os dois horizontes possuem, assim, suplementa-os e os retira dos sonhos desiderativos e os tornam em algo palpável e unívoco.

Celebrar sua panorâmica imensurável, será sempre um dever constante nosso, através do caldeirão fraterno dos intelectuais, reverenciá-la com respeito e admiração. Vida longa, Presidente!

 
Evidentemente e oportuno lembrar o mestre 
George Gordon Byron: 
"Quem não sustenta a grandeza cultural da sua terra, 
não é digno dela".

George Gordon Byron, 
(23 de janeiro 1788 – 19 de abril de 1824), 
comumente conhecido como Lord Byron; 
foi um escritor/poeta inglês.


Todos têm o conhecimento do inovador e consistente brilho que o Cenáculo tem, é sem dúvidas uma das instituições que estende sua bandeira com orgulhoso no solo fluminense, uma entidade que tem privilegiado todos seus integrantes e na potencialidade acredita na moral e na capacidade intelectual dos seus pares.

Portanto, os cenaculistas estão de parabéns, nos tempos modernos, unindo atilamento, cultura e altruísmo, com vistas para o futuro. Assim, todos prosseguem sua caminhada com passos firmes na potencialidade.

Outra passagem que devemos frisar é a acolhida que o casal Fabrízio e Luiza Sassi, generosos benfeitores da cultura, gestores de alta relevância, representantes do Istituto Italiano di Cultura / Sede Niterói situado à Avenida Presidente Roosevelt, 1063 em São Francisco. Sem eles o Cenáculo estaria por tempo sem um teto, mas graças à magnificência do casal, hoje a instituição está de casa nova, por um período precioso de tempo é claro! valeu a guarida.

   Fabrizio Sassi e Luiza Sassi 
   Representantes do
   Istituto Italiano di Cultura / Niterói - RJ


Intimamente as palavras são minhas - mas, em nome de todos meus pares, quero dizer-lhes: "Somos puramente muito gratos, aqui fica os eternos agradecimentos de todos os irmãos cenaculistas".

Parabéns! Caros confrades, apesar das dificuldades e da grande perda que tivemos do nosso querido presidente. Esmorecer jamais! obstante, nossa luta é contínua e o querer de levarmos a nossa instituição à grandeza cultural no solo fluminense, o nosso ideal.

Parabéns Cenáculo, pelos seus 91 anos de existência! 
Parabéns cenaculistas, continuem semeando cultura,
acima de tudo, paz e amor pelo mundo.

   Alberto Araújo
   editor do Focus Portal Cultural
   e cenaculista.





***


91 ANOS DE EXISTÊNCIA, DINAMISMO
E REGISTROS CULTURAIS,
NA INTELECTUALIDADE FLUMINENSE.

Sob a presidência de Márcia Pessanha, substituindo o saudoso Julio Cezar Vanni, a festividade foi comemorada no Istituto Italiano de Cultura, representado pelo casal Fabrízio e Luiza Sassi, em sua sede em São Francisco – Niterói – RJ.

O 91º aniversário do Cenáculo Fluminense de História e Letras, com bênção do Monsenhor Elídio Robaina que é também cenaculista, falou muito bem da história do Cenáculo, encerrado com uma brilhante apresentação do grupo “Terno Carioca”, que também ilustrou a festa tocando músicas de especiais tempos. Logo após uma confraternização entres os convidados.

Muitos segmentos do mundo cultural, literário e vários cenaculistas, estiveram presentes. Entre tantos: Profa. Felisberta, Profa. Aidyl e Robert Preis,  Eneida Fortuna Barros e Newton, Paulo Roberto Cecchetti, Neide Barros Rêgo e Walmir Ventura Rêgo, Luiz Calheiros, Dionilce Silva de Faria, Franci Machado Darigo, Renato Augusto Farias de Carvalho, Eugênio Simões Filho e Matilde e José Conti, Fabrizio e Luiza Sassi e família e vários amigos e convidados.


Veja no sequencial, algumas imagens.

A presidente Márcia Pessanha(microfone na mão),
momento em que inicia a solenidade.

Momento da bênção,
realizada pelo Monsenhor Elídio Robaína.


Público presente (ângulo frontal).

O trio, são os componentes do "Terno Carioca".




Momento em que o "Terno Carioca",
faz sua apresentação, durante a cerimônia.


Outro ângulo do trio "Terno Carioca"

Alberto Araújo, Fabrizio Sassi, Profa.Felisberta,
Aldo Pessanha,  Luiz Calheiros, Luiza Sassi, 
Marcia Pessanha, Beth do Valle, Eneida Barros 
e os familiares dos Sassi.



Apoio cultural e divulgação







4 comentários:

Dalma Nascimento - escritora e mestra em Literatura disse...

Alberto, primorosa, magnífica mesmo, esta sua multifacetada montagem das fotos para homenagear o 91º Aniversário do Cenáculo Fluminense de História e Letras.


Você é um mago prestidigitador das imagens. Tira da "cartola" das cenas, inusitadas, inesperadas soluções visuais. De repente, não mais que de repente, vão-se formando formas geométricas, estrelas, trocam-se as posições,viram ao contrário, abrem-se e fecham-se fragmentos da festa em feéricas fantasias fantásticas.


Meus cumprimentos também pelo expressivo texto, saudando a presidente Márcia Maria de Jesus Pessanha, cujo nome é um decassílabo perfeito.

Dalma Nascimento.

Márcia Pessanha - Presidente Cenáculo disse...

Prezado Alberto

Em nome do Cenáculo Fluminense de História e Letras agradeço a significativa homenagem que você nos proporcionou, bem como o registro histórico dos 91 anos de nossa instituição.
Lembranças que ficarão para sempre gravadas na história de nossa academia.
Obrigada!!!
Com especial consideração e amizade.


Márcia Pessanha
Presidente do Cenáculo

Ângela Gemesio - atriz disse...

Como disse uma vez,
você sabe fazer e faz bem.
Felicidades e abraços da amiga.

Angela.


NTT.Ainda estou em viagem,
neste momento em Malta.
Um abraço em Shirley.

Enviado do meu iPad

PAULO ROBERTO CECCHETI disse...

Grato pelo envio. Att,

PRC