terça-feira, 12 de janeiro de 2016

AUTOR DO LIVRO UM CARTÃO - SENTIMENTOS COTIDIANOS, O ESCRITOR PEDRO HENRIQUE, FALA DE SUA OBRA. CONFIRA.

 
(CLICAR NA IMAGEM PARA ASSISTIR AO VÍDEO)
 

 
OU CLICAR NO LINK DO CANAL YOU TUBE
DA EDITORA ROCCO
 
 
 
 

Capa do livro
Um cartão - Sentimentos cotidianos
Pedro Henrique - escritor

 
 
 
“Não é poesia.
Não é declaração.
Não é arte.
Não é mesmo.
Eu sou só um coração
em um pedaço de papel.”
– Pedro Henrique

Bem-vindo ao mundo de Pedro. Que por acaso é também o mundo de muitas e muitas pessoas do bem, que lutam todo dia para deixar uma marca positiva no mundo. ”
– Bel Pesce
 
 
 

Uma ideia na cabeça e uma conta no Instagram. Nascia assim a página Um Cartão, que reúne postagens sobre sentimentos do cotidiano na forma de pequenos cartões ilustrados e escritos à mão na badalada rede de compartilhamento de imagens. Depois de conquistar mais de 600 mil seguidores, o projeto se transforma em livro e chega às prateleiras em um projeto editorial ousado, em formato de cartões serrilhados que podem ser lidos como uma grande coleção de tiradas inspiradoras e bem-humoradas ou destacados para serem compartilhados com os amigos ou mesmo usados na decoração.

Criada pelo jovem carioca Pedro Henrique, que de forma despretensiosa resolveu colocar no papel – e na web – seus pensamentos sobre a vida e o amor como forma de extravasar os sentimentos, a página Um cartão se transformou num grande sucesso do Instagram. Em pouco mais de um ano, Pedro coleciona mais de 20 milhões de curtidas, uma média de 20 mil a cada postagem. “Ao escrever e me dividir, me multipliquei”, diz ele, na orelha do livro. Nada mais verdadeiro para quem faz tantos corações baterem no mesmo compasso.

E esse número promete crescer ainda mais com a chegada do livro. Lançamento do selo Fábrica 231, Um cartão – Sentimentos cotidianos reúne 91 cartões destacáveis que vão conquistar tanto os fãs que já acompanham o trabalho do autor na internet quanto quem ainda não o conhece, com suas mensagens diretas e cheias de otimismo e com seu projeto gráfico diferenciado. Nada mal para quem escreveu em um de seus posts que “As grandes histórias começam por acaso”.
 
 
FRASES MARCANTES:
 
“Às vezes a única coisa que a gente precisa mesmo é ouvir alguém dizer: Tudo ficou + bonito depois que você chegou.”

“Por mais escura que seja a noite que faz dentro da gente, sempre vai amanhecer. Sempre.”
 
 
 

Pedro Henrique - escritor
  “Não tenho fãs; mas amigos que ainda não encontrei”
Foto- Divulgação/ Angelo Antônio Duarte
 
“Aprendi com o tempo que tem coisa que só sai da gente por escrito. Aprendi com as palavras que tem coisa que só nos chega com o tempo. Aprendi com a vida que o amor é o que nos faz existir. Com ele que a vida é só uma grande oportunidade da gente fazer o bem. Sempre gostei de escrever para a família e os amigos. Queria que as pessoas interpretassem as mensagens ao modo delas e se lembrassem das coisas boas do dia a dia. Digo que não tenho fãs ou seguidores; tenho amigos que ainda não encontrei. Afinal, quem lê meu coração três vezes por dia não está distante de mim — diz o escritor" — conta Pedro Henrique.
 
 
 
 
EDITORA ROCCO
 
 
 
 
 
 
 
Reprodução, apoio cultural
e divulgação.
 
 
 
 
 
 

Nenhum comentário: