terça-feira, 29 de março de 2016

HOMENAGEM DO FOCUS PORTAL CULTURAL AO BALUARTE RESSONANTE ESCRITOR E JORNALISTA LUÍS ANTÔNIO PIMENTEL. CONFIRA.

 
 
CLICAR NA IMAGEM PARA ASSITIR AO FILME
DA COMEMORAÇÃO DOS 101 ANOS DE
LUÍS ANTÔNIO PIMENTEL NA
TENDA DOS ESCRITORES AO AR LIVRO.
 

 
OU CLICAR NO LINK:
 
 

 
LUÍS ANTÔNIO PIMENTEL, sem dúvidas será um ícone que ressoará atos febris na cultura fluminense, um cidadão do bem, um verdadeiro baluarte com dons primaveris e gentis.
 
Tenho um enorme orgulho de ter sido seu parceiro na arte literária. GUARDAREI para sempre  na memória  todos os seus ensinamentos.

Se ele estivesse vivo hoje, dia 29 de março de 2016, estaria completando 104 anos.
 
Fica na Paz do SENHOR,
LUÍS ANTÔNIO PIMENTEL!  

 
 
ALBERTO ARAÚJO
editor do Focus.
 
 
 
**************
 
 
 Leia abaixo o texto: O BUSTO EM BRONZE DE PIMENTEL em homenagem ao escritor e jornalista Luís Antônio Pimentel.
 
Esta poesia está publicada na Antologia em Homenagem ao escritor / professor Horácio Pacheco,  Perfume da Palavra V, página 18, da Editora Muiraquitã de Labouré Lima, Niterói - RJ, 2016.

Aos que ainda não sabem, o intelectual Luís Antônio Pimentel  é o homenageado no volume I da Antologia Perfume da Palavra.
 

 

 
 

O BUSTO EM BRONZE DE PIMENTEL


 
Não, não quero que o vejam como simples
estátua no bronze a acinzentar-se
e a cabeça sem o corpo inteiro.
Tampouco deixar seu fulgor
se esvaecer ao tempo.
Sou seu discípulo. Conheci o seu cérebro
e sei  como suas pupilas amadurecidas
fazem falta a mim, seu eterno escudeiro.  



Sim, quero que o vejam como
o busto que esbraseia,
ainda eterno baluarte
com a luz do olhar, palpitante a cintilar.
Não, não quero que o vejam como
mero torso sem sorriso e clarão 
por onde passa a multidão.

 
Sim, quero que o vejam como
monumento resplandecente
com seu mais brilhante casaco de estesia
bailando sua eterna poesia
ao sol dourado desta Praça
em frente a esse mar de sortilégio e graça.
  

De manhã até ao ocaso já enluarado
estará Pimentel, no bronze eternizado,
cuja memória  nos fortalece e guia,
não sendo sua estátua
uma quimérica fantasia.

 
© ALBERTO ARAÚJO
NITERÓI - 2016.


APOIO CULTURAL


 

 

COMENTÁRIOS

 
 
Parabéns Alberto Araújo, por esse belo trabalho de resgate histórico e amostragem da vida literária niteroiense. Agradecemos pela menção ao volume V da nossa antologia O Perfume da Palavra, no qual você faz parte.
 
Laboure.
 
Labouré Lima,
é escritora e
diretora da Editora Muiraquitã.
 

************************
 
 
Caríssimo confrade Alberto, saudade não tem idade... daí os 101 anos do mestre Pimentel!
 
Aleguei-me ao rever imagens e - surpreso! - estava lá "A CADEIRA" Boletim da Academia Niteroiense de Letras/ANL, com logomarca criada por mim!
 
Meus agradecimentos.
 
Abç,
 
PRCecchetti.
 
Paulo Roberto Cecchetti
é curador, acadêmico e
coordenador do Escritores ao Ar Livro.
 
 
 
****************************
 
 
Alberto,
duplamente eu o cumprimento pela  homenagem ao imortal arconte Pimentel,  há um ano "com sua voz serenizada".
 
Primeiro, pelo seu inspirado poema, revivendo-o. Segundo, pela lembrança da data, demonstrando sua fidelidade aos amigos.
 
Você agora  se transformou  na memória da cidade. Sabe-se de muita coisa pelo seu Blog. Veio de longe da cidade da LUZ, Luzilândia no Piauí e, no entanto,  já se incorporou  à dinâmica da nova terra.
 
Abraços. Prossiga na tarefa.
 
Dalma.
 
 
Dalma Nascimento
é escritora e doutora em Literatura Comparada da UFRJ.
 
 
***************************















 
 

4 comentários:

Anônimo disse...

Caríssimo confrade Alberto, saudade não tem idade... daí os 101 anos do mestre Pimentel! Aleguei-me ao rever imagens e - surpreso! - estava lá "A CADEIRA" Boletim da Academia Niteoiense de Letras/ANL, com logomarca criada por mim! Meus agradecimentos. Abç, PRCecchetti

Editora Muiraquitã disse...

Parabéns Alberto Araújo, por esse belo trabalho de resgate histórico e amostragem da vida literária niteroiense. Agradecemos pela menção ao volume V da nossa antologia O Perfume da Palavra, no qual você faz parte.

ALBERTO ARAÚJO disse...

Obrigado prezada amiga Labouré Lima_Muiraquitã, eu fiquei muito contente e honrado em fazer parte da Antologia Perfume da Palavra V, na qual eu divulgo minhas duas poesias: Alma Leve e Sensata dedicada ao professor Horácio Pacheco, homenageado desta edição e O Busto de Bronze de Pimentel, dedicada ao Pimentel que foi o homenageado do volume I da Antologia Perfume da Palavra.

Obrigado mais uma vez pelo seu convite para eu participar desta tão importante Antologia para o mundo literário fluminense. De já deixo o aviso: Quero participar da Antologia Perfume da Palavra VI.


Abraços,
Alberto Araújo.
escritor e jornalista.

************************************************

Minha página na Antologia Perfume da Palavra V começa assim:

Alberto Araújo apresenta as poesias Alma Leve e Sensata e O Busto de Bronze de Pimentel. As poesias tratam sobre o homenageado desta edição Horácio Pacheco e Luís Antônio Pimentel, homenageado no volume I da antologia O Perfume da Palavra...

ALBERTO ARAÚJO disse...

Olá, prezado Cecchetti, saudades do Pimentel, fiquei muito comovido você nem imagina o quanto, quando revi este filme. Obrigado pela sua mensagem.

Abraços,
ALBERTO ARAÚJO.