quinta-feira, 9 de junho de 2016

SÃO JOSÉ DE ANCHIETA, O APÓSTOLO DO BRASIL. HOMENAGEM DO FOCUS PORTAL CULTURAL. CONFIRA.

 
 
 

Tributo do Focus Portal Cultural deste dia 09 de junho de 2016 é para JOSÉ DE ANCHIETA que completa na data de hoje, 419 anos de falecimento.
São José de Anchieta SJ nasceu em San Cristóbal de La Laguna no dia 19 de março de 1534, padre jesuíta espanhol, santo da Igreja Católica e um dos fundadores da cidade brasileira de São Paulo.
Foi o primeiro dramaturgo, gramático e  poeta nascido nas Ilhas Canárias. Foi o autor da primeira gramática da língua tupi, e um dos primeiros autores da literatura brasileira, para a qual compôs inúmeras peças teatrais e poemas de teor religioso e uma epopeia. É o Patrono da Cadeira nº 01 da Academia Brasileira de Música.
Nascido nas Ilhas Canárias, pertencente a uma grande família de 12 irmãos, o intelectual de hoje viveu no século XVI. Por motivos de estudo, foi enviado para Coimbra – Portugal, local onde teve o primeiro contato com a Companhia de Jesus e com o testemunho de São Francisco Xavier.
Muitas coisas o levaram a discernir seu chamado à vida religiosa, e aos 17 anos diante de uma imagem de Nossa Senhora, ele fazia o seu compromisso de abandonar tudo e servir a Deus. Anchieta entrou na Companhia de Jesus em 1551, fez um noviciado exigente, e mesmo com a saúde frágil fez os seus votos de castidade, pobreza e obediência, em 1553.
Neste mesmo ano foi enviado para o Brasil, e chegando na Terra de Santa Cruz ele pôde evangelizar. Ainda não era sacerdote. Estudava Filosofia, Teologia, e sempre evangelizando, dando aulas, indo ao encontro dos indígenas. Respeitava a cultura do povo, conheceu a língua Tupi-Guarani para melhor evangelizar. Homem fiel à santa doutrina, à sua congregação e acima de tudo, fiel ao Espírito Santo. Esteve em diversos lugares do Brasil, como São Paulo, Rio de janeiro, Espírito Santo, Bahia etc. Consumia-se na missão.
José de Anchieta é um modelo para todos os tempos, para uma nova evangelização no poder do Espírito Santo e com profundo respeito a quem nos acolhe, a quem é chamado também a ser inteiro de Jesus.

 
 


José de Anchieta é considerado o “APÓSTOLO DO BRASIL”, por ter sido um dos pioneiros na introdução do cristianismo no país. Foi beatificado em 22 de junho de 1980 pelo Papa João Paulo II, e no dia 3 de abril de 2014 foi declarado santo por intermédio de um decreto assinado pelo Papa Francisco.
Em abril de 2015 foi declarado copadroeiro do Brasil na 53ª Assembleia Geral da CNBB. São José de Anchieta faleceu em Reritiba no Espírito Santo em 9 de junho de 1597.
 
Poema da Bem-Aventurada Virgem Mãe de Deus - Transcrição do famoso poema "De Beata Virgine Dei Matre Maria", de São José de Anchieta.
 
VIDA DA VIRGEM NO TEMPLO - A GLÓRIA SEM VÉU
 
 
Porém, aos olhos do Pai Celeste, ela refulge
     em todo o seu brilho
970
e inunda de resplendores as moradas etéreas.
Quando mais te envileces, tanto mais te sublimas
ao conspeto daquele que deseja para leito
     o teu materno seio.
Em breve ele te descobrirá
     nesse ínfimo posto.
E Ele fará soar aos teus ouvidos
     este doce convite:
975
"Eia, sobe mais acima amada minha!"
vem assentar-te no primeiro posto,
     que tanto mereceste!
Núncia de tanta felicidade, há de chegar
essa hora, a ti feliz, a nós auspiciosa.
No momento em que menos o julgares,
     Virgem humílima,
980
virá dizer-te o "Ave" de mãe excelsa de Deus.
     eia pois, vive por nós!
pois tu nos hás de dar a vida e a luz:
vive, que está próximo este dia feliz!
E a mim, o mais pobrezinho de teus servos,
     orna-me com tua humildade,
sem a qual, nem a ti nem ao Senhor agradarei.
Este virtude me há de adornar o coração
     e há de preparar nele,
     para o menino, um berço
e, para a mãe, morada hospitaleira!
     Oh! Quem me dera ser digno
de um olhar dos olhos meigos da Senhora
e ser, muito embora, o último entre seus servos!
 
VIDA DA VIRGEM NO TEMPLO - A GLÓRIA DA HUMILDADE
 
 
 
935
     Mas, que sonho eu, estulto?...
tu desdenhas o fausto e do coração amante fazes
     o escrínio da humildade.
Gozas em ser a menor, em obedecer a todas:
fora disso, nada no mundo é grande, em teu conceito.
Sabes que Deus derriba os soberbos de seus tronos
940
e aos humildes exalta do monturo.
Ainda que nada ignores, sofres que te ensinem
obedecer, ser desprezada, ser corrigida
     eis a tua felicidade.
Por isso, sepultas no fundo do peito
teus régios segredos e disfarças
o ardor divino que se expande no teu rosto.
945
mas não o consegues, pois dificilmente
     se encobre o fogo:
a luz da labareda transpira pelas frestas
É divino e resplendor que brilha em tuas faces:
     tuas palavras o calam,
tuas obras o proclamam às companheiras.
     Elas em seus colóquios
950
afirmam que és santa e feliz mais que todas.
Cravando em teus olhos os seus cheios de afeto,
que manso espelho de bondade fitam!
     conversar-te é um prazer,
um prazer contemplar o teu semblante:
chamam-te sua rainha e sua maior glória!
955
Tu, entretanto, julgas-te indigna de tanta honra
e até ao excesso te envileces a teus olhos.
     De dia para dia,
vais adornando de novas virtudes tua alma,
o verdadeiro templo e tabernáculo de Deus.
Modelo de castidade e níveo pudor
960
é o teu corpo, do qual há de brotar
o nobre corpo, unido à divindade.
Apesar desta torrente transbordante
     que te inunda a alma,
vives persuadida de que teu coração é um vazio!
Sendo, por graça, a mais sublime das criaturas,
julgas que, de justiça, só o último lugar te cabe.
965
É tanta a graça que estua a tua alma,
e tão bem te cerras ao fundo do peito as labaredas!
Ou é o véu da soberba que nos vela os sentidos
e nos torna cegos diante de sol tão fúlgido!
 
 
 
OBRAS:
O auto de São Lourenço
Arte de Gramática da Língua mais Usada na Costa do Brasil  -1595.
De gestis Mendi de Saa
Poesias completas
Poema da Bem-Aventurada Virgem Maria, Mãe de Deus.
Poemas: lírica portuguesa e tupi
Diálogo da fé.
 
 
ALGUNS LIVROS SOBRE JOSÉ DE ANCHIETA
 
 
 
 






 
 
 
 
 
 
 
 
 
APOIO CULTURAL
 
 
 
 
 
 
 

FONTE:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Jos%C3%A9_de_Anchieta




Nenhum comentário: