segunda-feira, 11 de julho de 2016

LUCIANO PAVAROTTI & JAMES BROWN DOIS FENÔMENOS DA MÚSICA INTERNACIONAL - HOMENAGEM DO FOCUS PORTAL CULTURAL. CONFIRA.

 
CLICAR NA IMAGEM PARA ASSISTIR AO VÍDEO
LUCIANO PAVAROTTI & JAMES BROWN
DOIS FENÔMENOS DA MÚSICA INTERNACIONAL
HOMENAGEM DO FOCUS PORTAL CULTURAL
DE ALBERTO ARAÚJO.
 
 

 
OU CLICAR NO LINK DO CANAL YOU TUBE


https://www.youtube.com/watch?v=2kR79UJHJvY





O Focus Portal Cultural deu uma volta ao planeta da música internacional e trouxe: Luciano Pavaroti e James Brown para serem os laureados de hoje em sua página CULTURA MUNDIAL.

A dupla canta junto a belíssima música IT'S MAN'S WORLD - Composição: James Brown / Nick Jones / Betty Jean Newsome.  
 
Os dois intérpretes são considerados os fenômenos da música LÍRICA e do SOUL, portanto, ambos os prodígios da melodia internacional, são os homenageados de hoje desta revista. Confira.



 

IT'S A MAN'S MAN'S MAN'S WORLD

 
This is a man's world, this is a man's world
But it wouldn't be nothing, nothing without a woman or a girl

You see, man made the cars to take us over the road
Man made the trains to carry heavy loads
Man made electric light to take us out of the dark
Man made the boat for the water, like Noah made the ark

This is a man's, a man's, a man's world
But it wouldn't be nothing, nothing without a woman or a girl

Man thinks about a little baby girls and a baby boys
Man makes then happy 'cause man makes them toys
And after man has made everything, everything he can
You know that man makes money to buy from other man

This is a man's world
But it wouldn't be nothing, nothing without a
woman or a girl

He's lost in the wilderness
He's lost in bitterness

 

TRADUÇÃO PARA PORTUGUÊS

 

Este É Um Mundo Dos Homens Dos Homens Dos Homens


 

Este é um mundo de homens, este é um mundo de homens
Mas não seria nada, nada sem uma mulher ou uma menina


Veja, o homem fez os carros para nos levar ao longo da estrada
O homem fez os trens para transportar cargas pesadas
O homem fez a luz elétrica para nos tirar da escuridão
O homem fez o barco para a água, como Noé fez a Arca


Este é um mundo dos homens, dos homens, dos homens
Mas não seria nada, nada sem uma mulher ou uma menina


Homem pensa sobre um menininhas e um bebezinhos
O homem os faz feliz porque o homem faz brinquedos para eles
E depois de o homem ter feito tudo, tudo que ele pode
Você sabe que o homem faz dinheiro para comprar de outro homem


Este é um mundo de homens
Mas não seria nada, nada sem uma mulher ou uma menina


Ele está perdido na imensidão
Ele está perdido na amargura







 

LUCIANO PAVAROTTI

 

Dono de uma voz inconfundível e de uma figura carismática, o tenor italiano Luciano Pavarotti conquistou multidões e ganhou respeito internacional. Apresentou-se não apenas ao lado de grandes tenores como Plácido Domingo e José Carreras, mas de astros pop como Bono Vox da banda irlandesa U2. No Brasil, fez parceria com Roberto Carlos.


Filho de um padeiro, Pavarotti nasceu na cidade de Modena. Interessava-se tanto pela música como pelo futebol, mas o primeiro lugar em um concurso de canto o levou a escolher a carreira que o tornou célebre.


O tenor fez sua estreia em La Bohème, de Puccini, em Reggio Emilia, na Itália, em 1961. Em Milão, em 1966 estreou no Teatro alla Scala com La bohème. A sua consagração nos Estados Unidos veio quando interpretou Toni em La Fille du Regiment, de Donizetti, no Metropolitan Opera, em Nova York, em 1972.


No início da década de 1980, lançou The Pavarotti International Voice Competition para jovens cantores, concurso que manteve no decorrer dos anos.


Junto com os amigos Plácido Domingo e José Carreras formou os Três Tenores, trio que se apresentou em mais de 30 concertos de 1990 a 2003. Eles cantaram juntos em quatro partidas finais da Copa do Mundo, em Roma (1990), Los Angeles (1994), Paris (1998) e Yokohama (2002).

 
Às vezes criticado por seus megaconcertos, apresentou-se no Hyde Park em Londres e no Central Park de Nova York onde foi ouvido por mais de 500.000 pessoas. Pavarotti tem duas entradas no livro dos recordes: o maior número de chamadas ao palco - 165 - e o álbum de música clássica mais vendido - In Concert de Os Três Tenores.


Sua última turnê foi em 2004, aos 69 anos. Em 10 de Fevereiro de 2006, Pavarotti cantou "Nessun Dorma" na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2006 em Turim. Em julho do mesmo ano descobriu um tumor no pâncreas e anunciou que pretendia voltar a se apresentar em 2007.

Pavarotti se casou pela primeira vez em 1960 com Ardua Veroni, mãe de três de suas filhas e de quem se divorciou em 1995. Em 2003, teve uma quarta filha, Alicia, com sua nova companheira, Nicoleta Mantovani, trinta anos mais nova. Eles se casaram em dezembro do mesmo ano.
 
O tenor faleceu aos 71 anos deixando quatro filhas e uma fortuna de mais de 200 milhões de euros.

 
 
 

JAMES BROWN

 

James Joseph Brown Jr. mais conhecido simplesmente como James Brown,  nasceu em Barnwell, 3 de maio de 1933, foi um cantor, dançarino, compositor e produtor musical norte-americano reconhecido como uma das figuras mais influentes do século XX na música. Em vida, vendeu mais de 100 milhões de álbuns e é reconhecido como um dos maiores artistas de todos os tempos.

Como um prolífico cantor, compositor, dançarino e bandleader, Brown foi uma força fundamental na indústria da música. Deixou sua marca em diversos artistas ao redor do mundo, incluindo o Rei do Pop Michael Jackson, influenciando até mesmo os ritmos da música popular africana, como o afrobeat, juju e mbalax e forneceu o modelo para todo um subgênero do funk, o go-go.

Brown começou sua carreira profissional em 1956 e fez fama no fim da década de 1950 e começo da década de 1960 com a força de suas apresentações ao vivo e várias canções de sucesso. Apesar de vários problemas pessoais, continuou fazendo sucesso durante os anos 80. Além de sucesso como músico, Brown também teve presença nas questões políticas dos Estados Unidos durante os anos 60 e 70.

Brown foi conhecido por inúmeros apelidos, incluindo Soul Brother Number One, Sex Machine, Mr. Dynamite, The Hardest Working Man in Show Business, The King of Funk, Minister of The New New Super Heavy Funk, Mr. Please Please Please Please Her, I Feel Good, The Original Disco Man e principalmente The Godfather of Soul ("O Padrinho do Soul"). No livro "Sweet Soul Music" de ArthurConley, ele é descrito como King of Soul ("Rei do Soul"). Faleceu em Atlanta no dia 25 de dezembro de 2006.

 

 
 
 
 

FONTE:




 




 

Nenhum comentário: