quinta-feira, 13 de outubro de 2016

DIA MUNDIAL DO ESCRITOR - 13 DE OUTUBRO - HOMENAGEM DO FOCUS PORTAL CULTURAL. CONFIRA.

 
(CLICAR NA IMAGEM PARA ASSISTIR AO FILME)
 

 
 
OU CLICAR NO LINK DO CANAL YOU TUBE
FOCUS PORTAL CULTURAL
 
 
 
 
 
Neste dia 13 de outubro é comemorado o Dia Mundial do Escritor. A data é uma homenagem a todos aqueles que expressam em palavras suas emoções e vivências, de forma a contar histórias que nos emocionam a cada leitura.

 
 
 
 
 
Porém o trabalho de um escritor não se resume apenas em escrever, mas também em idealizar, pensar, criar, explorar, produzir, se expressar.
 
 
 
 
 
 
No Brasil, a data é comemorada em 25 de julho e há muitos escritores considerados ilustres, como Machado de Assis, Jorge Amado, Guimarães Rosa, José de Alencar, Monteiro Lobato, Nélida Piñon, Clarice Lispector, entre outros.
 
 
 
 
 
Seja em um site/blog ou em um livro, escrever é compartilhar, dialogar, discutir, confrontar ideias. Escrever é fazer das palavras um alimento para a imprescindível necessidade de comunicar. Para Clarice Lispector, “escrever é também abençoar uma vida que não foi abençoada”.
 
"Escrever é fácil. Você começa com uma letra maiúscula e termina com um ponto final. No meio você coloca as ideias." (Pablo Neruda).

 
 
 
 
 
 
 
Cora Coralina, considerada uma das maiores poetisas de língua portuguesa do século XX, começou a publicar seus livros aos 75 anos de idade. Apesar disso, a autora sempre escreveu poemas sobre seu cotidiano, com uma linguagem simples na forma, mas muito profunda no conteúdo. Carlos Drummond de Andrade, em 1980, enviou-lhe uma carta elogiando seu trabalho e, logo, a autora de 91 anos passou a ser conhecida em todo o Brasil.

 
 
 
 

A Revista Focus Portal Cultural parabeniza os escritores do mundo inteiro que transmitem a palavra e especialmente a mensagem de Deus.
 
 
 

3 comentários:

Belvedere Bruno disse...

Excelente trabalho. Grata pela divulgação da cultura

Luiz Carlos Lemme disse...

Não quero o incenso banal nem o aplauso tolo. Sou escritor. Um escrevinhador, como dizia minha velha vó. E, nesta data, só digo uma coisa: antes de escrever, eu li. E continuo lendo. Tudo o que me estufa o peito eu leio. E então, escrever, é mera consequência. Aos 'escrevinhadores' do mundo, meu grande abraço. Minha certeza de que nosso mundo se espalha em letras, em versos, em textos, em pedaços de papel, riscados, que concentram a emoção dos homens. Obrigado, Alberto Araujo, você é uma dos nossos.

Anônimo disse...

Confrade, a cultura, assim como a Educação, serão sempre o caminho da evolução! Abç,
PRCecchetti