segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

PROJETO MÚSICA NO MUSEU. TORNOU-SE A MAIOR SÉRIE DE MÚSICA CLÁSSICA DO BRASIL E DO MUNDO. CONFIRA.

 
 
 
Música no Museu criador e Diretor,
Sérgio da Costa e Silva.
 
Foto: Embaixador Paulo Alberto Soares,
Francisco Gallo Diretor da
Fundacion Cultural Hispano Brasileña
e Sérgio da Costa e Silva.
(fotografia: Angeles Figueira).


 
 

Iniciado em dezembro de 1997 no MNBA pelo violonista Turíbio Santos, Música no Museu, tornou-se a maior Série de música clássica do Brasil e uma das maiores do mundo reconhecida pelo RankBrasil, a versão brasileira do Guinness Book. 
 
Seus números são impressionantes chegando a fazer cerca de 500 concertos por ano, de norte a sul do Brasil, ocupando cerca de 2.500 músicos/ano, além de uma vertente internacional, desde 2006 em cidades de países de todos os continentes: Europa (Portugal, Espanha, França, República Tcheca, Itália, Alemanha, Áustria, Américas: USA (inclusive no Carnegie Hall em Nova Iorque e no LACMA em Los Angeles), Chile, Argentina,- África - Marrocos, Asia: Índia e Vietnã e Oceania, Austrália, levando músicos e a música brasileira para o exterior.
 
 
 
 
Contando hoje, ainda que alternada ou esporadicamente, só no Rio de Janeiro, com quarenta e dois dos melhores Museus e Centros Culturais, palácios e bibliotecas, além de lindas igrejas cariocas, sinagogas e clubes, ,totalizando 80 espaços não só no Brasil como no exterior.
 
Nestes 19 anos já registra um publico superior a 700.000 pessoas e uma mídia espontânea de milhares de registros em todos os veículos do Brasil, rádios, TVs, jornais, revistas, internet e até do exterior, com destaques para matérias no New York Times, Le Monde de la Musique, entre outras.
 
Música no Museu no Theatro da Paz
Professora Lenita Lira Maia conversa com a harpista
 
 
Também a excelência do projeto, que já recebeu inúmeros prêmios e honrarias nacionais (Ordem do Merito Cultural, Golfinho de Ouro, Embaixador do Rio etc) e internacionais (Cultura Viva da Unesco), Latin American Awards, na PUC em Buenos Aires e agora Lazos Hispanicos- Cultura Viva em Madrid e gerou a monografia de Marie Hoffman, da Humboldt-Universität zu Berlin Philosophische Fakultät III Institut für Musikwissenschaft und Medienwissenschaft Musik und Medien/Kulturwissenschaft sob o titulo Die Rolle der „Klassik“ im öffentlichen Leben in Rio de Janeiro und die Konzertreihe „Música no Museu“ (Musik im Museum) The Role of “Classical Music” in the Public Life of Rio de Janeiro and the Series of Concerts “Música no Museu” (Music at the Museum) (a musica clássica na vida publica do Rio de Janeiro e a Série de Concertos Música no Museu).
 
 
Recital da Série Música no Museu – Trio Erudi
 Trio Erudi, formado pelos músicos da Ospa André Carrara (piano), Danilo de Campos Vieira (violino) e Rodrigo Alquati (violoncelo). Eles executaram Piano Trio em Ré maior, Op.70 No. 1 “Geister Trio”, de  Ludwig van Beethoven, e Piano Trio no. 1 Op. 49 “Grand Trio”, de Felix Mendelssohn. Depois, brindaram os ouvintes com um bis: “Prece” de Alberto Nepomuceno.
Foto: Mariana Sirena.
 
 
 
Paralelamente e no seu âmbito, realiza um Festival Internacional de Harpas-RioHarpFestival, já na sua 12ª. versão e que colocou o Brasil no circuito mundial da harpa. Tambem renova o panorama da musica clássica no Brasil através do Concurso Jovens Músicos-Música no Museu, já na sétima versão e que recebe a cada ano uma bolsa de U$105 mil da James Madison University-uma escola Steinway- para o vencedor.
 
 
 
 
Também criou a Orquestra Jovem Música no Museu e que já começa a ter vida própria.
Ao completar 15 anos em 2012, realizou uma programação especial que incluindo os melhores concertos da Série com destaque para a apresentação do pianista Nelson Freire em São João del Rei.
 
 
 
 
 
Em 2013, além da Série normal de concertos, foi feito o lançamento do livro ¨Música no Museu - 15 anos depois¨ além da exposição das pinturas das capas dos seus programas (cada mês feita por um artista plástico brasileiro) e doadas para a Academia Brasileira de Filosofia e que ora faz parte do seu acervo. Música no Museu, conta hoje, ainda que alternada ou esporadicamente, no Rio de Janeiro, com quarenta e dois dos melhores Museus e Centros Culturais além de lindas igrejas cariocas, integrando a relação da qual constam:
RIO DE JANEIRO (cidade):
•Museu Nacional de Belas Artes *
•Museu da República *
•Museu Histórico Nacional *
•Museu Nacional da UFRJ (Quinta da Boa Vista)
•Museu da Chácara do Céu
•Museu do Açude
•Parque das Ruínas *
•Biblioteca Nacional *
•Museu Internacional de Arte Naïf do Rio de Janeiro
•MAM-Museu de Arte Moderna *
•Casa Franca-Brasil
•Casa de Cultura Laura Alvim
•Museu do Rádio Roberto Marinho
•Espaço Cultural da Marinha
•Museu Histórico do Exército (Forte de Copacabana) *
•Museu Militar Conde de Linhares
•Casa de Arte e Cultura Julieta de Serpa
•Centro Cultural Telemar (ex Museu do Telefone)
•Museu da Cidade
•Memorial Getúlio Vargas
•Centro Cultural Light *
•Arquivo da Cidade do Rio de Janeiro
•Museu H. Stern
•Espaço Furnas Cultural
•Palácio Itamaraty
•Palácio São Clemente (ex Embaixada de Portugal) *
•Museu do Ingá (Niterói)
•Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro
•Museu Naval
•Centro Cultural Cândido Mendes
•Mosteiro de São Bento
•Paço Imperial
•Igreja da Sé
•Igreja Santa Cruz dos Militares *
•Museu do I Reinado
•BNDES
•Centro Cultural Loyola
•Real Gabinete Português de Leitura
•Centro Cultural Banco do Brasil
•Sala Cecília Meirelles
•Museu Bispo do Rosário
•Igreja Matriz de São Gonçalo
•Arquivo Nacional
•Casa de Rui Barbosa
•Biblioteca Parque
•Biblioteca Maison de France *
•Igreja Nossa Senhora da Paz *
•Igreja da Ressurreição *
•Centro Cultural Justiça do Trabalho
•Academia Brasileira de Letras.
•Sinagoga ARI
•Grande Templo do Rio de Janeiro
•Espaço Tom Jobim (Jardim Botânico)
•O Globo (Auditório)
•Pão de Açucar (Morro da Urca)
•Ilha Fiscal
•Corcovado
•Museu H. Stern
•Instituto Italiano de Cultura
•Biblioteca da Maison de France.
•Museu da Favela- Pavão-Pavãosinho.
•Igreja do Carmo (Antiga Sé)
•Quadra da GRES (Estação Primeira da Mangueira)
•Central do Brasil
•Centro Cultural Midrash
•Estações do Metrô
(Carioca, Saens Pena, Siqueira Campos, Del Castilho)
•Espaço Furnas Cultural
•Igreja N.Sa. do Rosário do Leme
NITERÓI:
•Museu do Ingá
•Solar do Jambeiro
•Teatro Municipal de Niterói
•Museu de Arte Contemporânea
PARATY:
•Igreja de Santa Rita
•Museu de Arte Sacra
PETRÓPOLIS:
•Museu Imperial
ENGENHEIRO PAULO DE FRONTIN:
•Fazenda Todos os Santos
•Fazenda São João da Barra
•Fazenda N.Sa. da Conceição
•Igreja Santa Barbara
VASSOURAS:
•Fazenda São Fernando
•Fazenda São Luis da Boa Sorte
 
 
 
Música no Museu
se apresentou em inúmeros
outros museus fora, tais como:
 
 
 
SALVADOR - BA:
Mosteiro de São Bento
 
OLINDA - BA:
Pe: Mosteiro de São Bento
 
ARACAJÚ - SE:
Palácio Olímpio Campos
Biblioteca
São Cristóvão- SE- Museu Histórico de Sergipe
Laranjeiras-Se- Igreja Matriz
Biblioteca Epifanio Doria
 
MACEIÓ - AL:
Museu da Imagem e do Som
Palácio do Governo
 
JOÃO PESSOA - PB:
Centro Cultural São Francisco de Assis
 
RECIFE - PE:
Igreja
 
NATAL - RN:
Teatro Municipal UFFGN
 
 
TERESINA - PI:
Museu Histórico do Piaui
 
SÃO LUÍS - MA:
Museu Histórico do Maranhão
 
BELÉM - PA:
Museu Emilio Goeldi
Teatro da Paz
 
MANAUS - AM:
Theatro Amazonas
 
SÃO PAULO - SP:
Museu da Casa Brasileira
CCBB
 
CURITIBA  - PR:
Museu Oscar Niemayer
 
FLORIANÓPOLIS - SC:
Museu Histórico
 
PORTO ALEGRE - RS:
MARGS
Museu da História da Medicina
 
BELO HORIZONTE - MG:
Museu Inimá de Paula
Museu Abilio Barreto
Museu de Artes e Ofícios.
 
TIRADENTES - MG:
CC Yves Alves .....
Igreja da Matriz
São João del Rei- Teatro Municipal
Diamantina- Igreja Matriz
Barbacena- Igreja Matriz
Juiz de Fora- Museu  Mariano Procópio.

                       

MUSEUS INTERNACIONAIS



AUSTRÁLIA:
Sydney- Alfandega de Sydney

ÁUSTRIA:
Viena- Palácio Rotschild- Embaixada do Brasil

BRISBANE:
Centro Cultural
 
CANBERRA:
Embaixada do Brasil.
 
ESPANHA:
Madrid - Casa do Brasil
Madrid - Casa das Américas
Bilbao, Museu Gugenheim
Bilbao, Salamanca - Universidade de Salamanca
 
FRANÇA:
Paris - Sala Villa-Lobos
Paris - Musee de Montmartre
Bateau Mouche
Au Vieux Paris d'Arcole
 
ÍNDIA:
Nova Delhi - Embaixada do Brasil
 
ITÁLIA:
Roma - Palacio Pamphilj- Embaixada do Brasil
 
MARROCOS:
Rabat - Biblioteca Nacional do Marrocos
 
PORTUGAL:
Lisboa: Palácio Foz
Porto - Cidade da Musica
Aveiro - Igreja Matriz
Coimbra - Biblioteca Joanina
Alcobaça - Mosteiro de Alcobaça
Braga - Igreja Matriz.
 
REPÚBLICA TCHECA:
Praga - Embaixada do Brasil
 
VIETNÃ:
Hanoi - Hotel Sofitel
 
 
MÚSICA NO MUSEU
Fevereiro 2017
Os clássicos do e no carnaval
Um programa diferente reunindo
os clássicos do e no carnaval é a
proposta de Música no Museu
para este mês de fevereiro. Já na versão
internacional teremos a pianista
Miriam Grosman apresentando-se na
Biblioteca Joanina em Coimbra.
Esperamos por vocês.
Sds Sergio da Costa e Silva
Diretor
 
 
 Tel: 22336711
PROGRAMA
Dia 1º. - Quarta-feira – 12h30min.
CCBB Rua 1º. de Março 66- 4º.
Andar-sala 26 Centro
Capacidade: 90 lugares
Músico: Pedro Flores, piano.
Programa: Clássicos internacionais.
Dia 8 - Quarta-feira – 12h30min.
CCBB
Rua 1º. de Março 66-4º.
Andar sala 26- Centro
Capacidade: 90 lugares
 
Músico: Paulo Steinberg, piano.
Programa: Schumann, Liszt, Brahms, Ernesto Nazareth,
Dia 10 - Sexta-Feira – 15:00h
Centro Cultural Justiça Federal
Av. Rio Branco no 241- Centro
Capacidade: 141 lugares
Músico:Miriam Grosman, piano
Programa: Clássicos brasileiros.
Dia 15 - Quarta-feira – 12h30min
CCBB
Rua 1º. de Março 66-4º. Andar sala 26- Centro-
Capacidade: 90 lugares
Músico: Tiago Martins de Aquino, piano
Programa: Tiago Martins de Aquino.
Dia 16 - Quinta-Feira – 18:00h
Centro Cultural Justiça Federal
Av. Rio Branco no 241- Sala de Sessões- Centro
Capacidade: 82 lugares
Músico: Pedro Barros, violão.
Programa:Milano, Tarrega, Bach
 
 
 
 
 
Clicar no link e visite o site: Música no Museu. 
 
 
 
 
 
 
APOIO CULTURAL
 
 
   
 
 
 
 
 
 
 
 
APOIO NA DIVULGAÇÃO
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
FONTE:
 
 
 
 

Um comentário:

Luiz Carlos Lemme disse...


É um orgulho ser brasileiro e conviver com o maior empreendimento músico-cultural dos nossos tempos, uma das mais importantes séries de música clássica do mundo moderno. Arrojando o Brasil e seus músicos, no ranking internacional, o Projeto Música no Museu construiu, ao longo das últimas duas décadas, uma trajetória impecável, com dimensões e níveis qualitativos formidáveis, além de uma perspectiva sadia de popularização (e democratização!) da música erudita em nosso país.
Eis aqui uma vitória da cultura nacional e por isso, um legado imorredouro do violonista Turíbio Santos.