quarta-feira, 8 de março de 2017

RECITAL POETAS ENCANTADOS DA FLUMINENSE. COORDENAÇÃO NEIDE BARROS RÊGO. APRESENTAÇÃO FABIANA LATGÉ. CONFIRA.

 
 
(CLICAR NA IMAGEM PARA ASSISTIR AO VÍDEO)
 

 
 
OU CLICAR NO LINK PARA ASSISTIR NO
CANAL YOU TUBE DO
FOCUS PORTAL CULTURAL
 
 
 
 
Com uma plateia concorridíssima e sob a coordenação da Diretora do Centro Cultural Maria Sabina Neide Barros Rêgo e delineada apresentação da declamadora Fabiana Latgé aconteceu no dia 04 de fevereiro de 2017, o recital POETAS ENCANTADOS DA FLUMINENSE.
 
Eneida Fortuna Barros, Waldenir de Bragança,
Neide Barros Rêgo e Antônio Machado.
 
O recital tributo comemorativo dos 100 anos da entidade cultural presidida pelo acadêmico e escritor Waldenir de Bragança, Academia Fluminense de Letras e foi exposto pelos alunos diplomados pelo Curso Arte de Dizer, declamadores e convidados especiais, foi realizado, na Sociedade Fluminense de Fotografia, localizado na Rua Dr. Celestino, 115 - Niterói - RJ.
Banner dos Poetas Encantados
da Fluminense.
 
 
Banner dos intérpretes do Recital.
 
 
Neide Barros Rêgo - coordenadora do CCMS.
 
 
 
A apresentação feita com POESIA E PROSA dos escritores e poetas da Academia Fluminense de Letras.
 
Fabiana Latge - apresentadora
 
O RECITAL foi dividido em 4 partes e foram interpretados pelos declamadores:
 
PRIMEIRA PARTE:
SEQUENCIAL:
Autor - Ano de nascimento e falecimento - intérprete:
 
 
 
Casimiro de Abreu (1839-1860) “O que é simpatia” – Gentil da Costa Lima; Fagundes Varella (1841-1875) “Armas” - Maria Otília Marques Camillo; Pedro II (1825-1891) “Terra do Brasil” – Lucia Romeu; B. Lopes (1859-1916) “Soneto XXIV” – Will Martins; Euclides da Cunha (1866-1909) “Lirismo à disparada” – Nilde Barros Diuana; Lúcio de Mendonça (1854-1909) “Alice” – Juber Baesso; Gomes Leite (1897-1923) “Águas” – Erthal Rocha; Alberto de Oliveira (1857-1937) “A casa da Rua Abílio” – Waldeck Carneiro da Silva; Ildefonso Falcão (1894-1958) “Hino à Natureza” – Sávio Soares de Sousa; Francisco Pimentel (1904-1971) “Culto” – Mírian Paura; Renato de Lacerda (1901-1973) “Albertina Fortuna Barros” – Eneida Fortuna Barros.
 
SEGUNDA PARTE
 
 
Valfredo Martins (1890-1974) “Cobardia” – Renato Augusto Farias de Carvalho; Murillo Araújo (1894-1980) “A macumba zabumba” – Gracinha Rego (percussão: Luiz Cláudio Santos); Brígido Tinoco (1910-1982)“O pequeño jornaleiro – Alex Peixoto da Costa; Margarida Lopes de Almeida (1897-1983) “Oferenda” – Aparecida Barreto; Jacy Pacheco (1910-1989) “Ambição do pingo d’água” – Ruth Pessanha; Maria Sabina (1898-1991)“Canto de Fé” – Neide Barros Rêgo; Herval de Souza Tavares (1917-1997) “Criança da rua” – Neusa Peçanha; João Rodrigues de Oliveira (1911-1998)  “Canção do Homem” – Luiz Augusto Erthal; Alaôr Eduardo Scisínio (1927-1999) “Nater” – Graça Eliana Thuler; Mário Monteiro (1907-2000) “Num dia cinzento” – Zeneida Seixas; Lyad de Almeida (1922-2000) “Poesia Síntese” – Carlos Silvestre Mônaco.
 
 
TERCEIRA PARTE:
Geraldo Montedônio Bezerra de Menezes (1915-2002) “E agora, José?” – Dulce Mattos; Carlos Tortelly Costa (1912-2003)  “O canto do mar” – Alcir Visela Chácar; Celso Furtado de Mendonça (1919-2003) “O bruxo” – Sílvia Otto; Fernando Elviro Costa (1922-2003) “Cartas” – Walmir Ventura Rego; Marcos Almir Madeira (1916-2003) “Fronteira azul” – Leda Mendes Jorge; Francisco dos Santos (1905-2004) “Orgulho” – Gentil Moreira de Sousa; Horácio Pacheco (1916-2005)  “Leve” – Nagib Slaibi Filho; Nilo Neves (1907-2005) “E Ele ficou” – Francisca Coelho; Henrique Glória de Serpa Pinto (1910-2006) “Rosa Maria” – José Haddad; Jorge Picanço Siqueira (1930-2006)  “Trovas de Saudade” – Maria Luiza Dutra; Armando Vaz Teixeira (1921-2007) “Se eu fosse Deus” – Liane Arêas.
 
 
 
QUARTA PARTE:
 
Togo de Barros (1914-2007) “Espumas no céu” – Antonio Soares ASO; Xavier Placer (1916-2008) “Na hora do rush” – Marly Prates; Sylla Chaves (1929-2009) “Por que, senhores?” – Grupo Nuance; Vilmar de Abreu Lassance (1915-2009) “Trovas” – Gilda Baptista de Freitas; José Hermínio Guasti (1917-2010) “Euforia” – Alberto Araújo; Milton Nunes Loureiro (1923-2011) “Cicatriz” – Márcia Pessanha; Alberto Valle (1920-2011) “Devolução ao remetente” – Alba Helena Corrêa; Manita (1922-2011) “Louvado para o Amor” – Waldenir de Bragança; Edmo Rodrigues Lutterbach (1931-2011) “A terra em que vivi” – Franci Machado Darigo; Luís Antônio Pimentel (1912-2015) “Teu beijo” – Ana Regina Seixas; Leir Moraes (1935-2015) “In Memoriam” – Carminha Cordeiro.
 
Alberto Araújo - editor do Focus Portal Cultural
posa ao lado do Banner dos Intérpretes.
 
Esta revista cultural esteve presente ao evento e trouxe as imagens para você.
 
Clicar no link:

OUTRAS IMAGENS DO RECITAL
 
Sávio Soares de Sousa
Decano da Academia Fluminense de Letras,
na foto ele representa todos
os declamadores do recital.
 
 
Ao final, a coordenadora Neide Barros Rêgo, intérpretes, poetas e autoridades presentes, cantaram os parabéns ao ilustríssimo amigo Walmir Ventura Rêgo, que na ocasião completara 87 anos. Portanto, foi uma tarde/noite memorável. 
 
 
 
Waldenir de Bragança,
Walmir Ventura e Neide Barros Rêgo.
 
Bolo de aniversário de Walmir
Ventura Rêgo.
 
Walmir Ventura Rêgo
posa ao lado do bolo de aniversário.
 
 
 
APOIO CULTURAL
 
 
 
 
 
 
 

 

Nenhum comentário: