terça-feira, 4 de abril de 2017

TUDO ESTÁ VIVO A RECENTE OBRA DE GENTIL MOREIRA DE SOUSA É A INDICADA NA VITRINE DO FOCUS PORTAL CULTURAL.

 

 
Livro TUDO ESTÁ VIVO
do escritor Gentil Moreira de Sousa.

 
 
 
 
TUDO ESTÁ VIVO – eis o trabalho recém-lançado do escritor e acadêmico Gentil Moreira de Sousa, no dia 31 de março, no Bistrô Beira Mar, Icaraí - Niterói, obra indicada para figurar na Vitrine do Focus Portal Cultural, durante o mês de abril de 2017.
Com a assinatura da Editora Muiraquitã, da jornalista Labouré Lima, e direção de arte de Raquel Ribeiro, o livro teve a revisão feita pelo próprio autor. Do prefácio encarregou-se a escritora, professora e filósofa Dília Gouveia.
TUDO ESTÁ VIVO, cujo título por si já é muito expressivo, reúne uma coletânea de poesias recheadas do sumo da existência do escritor.  As poesias ali congregadas revelam rica variedade de estilo e, ao mesmo tempo, denotam o pulsar de um coração repleto de amor. Tudo está mesmo vivo naquelas palavras que entoam passagens palpitantes de memórias.
Seu autor português, que também colocou seu vivo coração no Brasil, afirma que suas lembranças vieram à imaginação desde à vinda à cidade de Niterói. Aqui chegou no ano de 1951,  e as poesias foram surgindo da sua alquimia afetiva, cristalizando-se em versos.
A obra é um fluxo marcante de paisagens interiores.  Cada uma, em tonalidade sentimental, dialoga com o cotidiano. São espelhos da sua vivência multifacetada compartilhada com afeto e ternura. Em cada página há uma nova descoberta.  São 35 poesias simbolizando o passado, 25, o presente e 17, o Eterno e contém 128 páginas de vivas recordações.
 
Adquira a sua coletânea,
através do site: www.editoramuiraquita.com
 
 
Livro TUDO ESTÁ VIVO
do escritor Gentil Moreira de Sousa.

 
 
 
Gentil Moreira de Sousa
escritor e acadêmico
 
 
 
Nascido em Arouca, Portugal. Gentil chegou ao Brasil em 1951, da Confeitaria Beira Mar em Niterói. Recebeu o título de Empresário do Ano da FIRJAN Leste Fluminense e a Comenda da Ordem do Mérito do governo de Portugal. É membro do Cenáculo Fluminense de História e Letras.
 
 
 
 
Alberto Araújo -editor desta revista com o escritor Gentil Moreira
de Sousa, foto feita durante o lançamento do livro Tudo está Vivo,
em 31 de março de 2017, no Bistrô Beira Mar, Icaraí, Niterói, RJ.
 
 
 
 
 
 
 
COMENTÁRIOS
 
 
 
A terra de Camões e Saramago dá-nos bons frutos, e que frutos! Desta feita, com prefácio de Dília Gouveia (escritora e filósofa igualmente portuguesa), temos uma obra preciosa da lavra de Gentil Moreira de Sousa.

 O autor, desembarcado d'além mar nos 50, cá firmou-se como ativo empresário e homem de letras, enriquecendo estas plagas com sua bagagem cultural e seu tino comercial. Seu livro (merecidamente estampado na Vitrine do FOCUS Cultural) leva-nos a um passeio poético pelas três fases da memória literária do escritor - o passado saudoso, o presente vivaz e o futuro auspicioso - com uma construção simples, correta e emocionante, cuja marca maior é o estilo elegante, digno dos mestres do nosso idioma.

Tudo Está Vivo, mais que um título, é uma declaração de amor à vida, lançada ao prelo, carinhosamente, por um legítimo herdeiro da verve lusitana.
 
 
 
 
 
 
APOIO CULTURAL
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


Um comentário:

Luiz Carlos Lemme disse...

A terra de Camões e Saramago dá-nos bons frutos, e que frutos! Desta feita, com prefácio de Dília Gouveia (escritora e filósofa igualmente portuguesa), temos uma obra preciosa da lavra de Gentil Moreira de Sousa.
O autor, desembarcado d'além mar nos 50, cá firmou-se como ativo empresário e homem de letras, enriquecendo estas plagas com sua bagagem cultural e seu tino comercial. Seu livro (merecidamente estampado na Vitrine do Portal Cultural) leva-nos a um passeio poético pelas três fases da memória literária do escritor - o passado saudoso, o presente vivaz e o futuro auspicioso - com uma construção simples, correta e emocionante, cuja marca maior é o estilo elegante, digno dos mestres do nosso idioma.
"Tudo Está Vivo", mais que um título, é uma declaração de amor à vida, lançada ao prelo, carinhosamente, por um legítimo herdeiro da verve lusitana.