quinta-feira, 4 de maio de 2017

CONVITE PARA SOLENIDADE DE POSSE DA ACADÊMICA NEIDE BARROS RÊGO, NA ACADEMIA NACIONAL DE LETRAS E ARTES.

 
 
 
 

A Academia Nacional de Letras e Artes - ANLA tem o prazer de convidar V.S.ª e família para a Solenidade de Posse da Poetisa e Declamadora Neide Barros Rêgo, na Cadeira nº 39, patroneada por Maria Sabina, que tem como antecessora a acadêmica Vera Tavares. A Acadêmica Lucia Regina de Lucena fará o discurso de recepção.
 
 
 
Local: Federação das Academias de Letras de Artes
do Estado do Rio de Janeiro - FALARJ.
Endereço: Rua Teixeira de Freitas, 05 - sala 303 -
Lapa - Rio de Janeiro - RJ - Brasil.
Data: 09 de maio de 2017 (terça-feira).
Horário: 16 horas.
Traje: passeio completo.
Acadêmicos: passeio completo
e Medalha Acadêmica.
 
 
Lucia Regina de Lucena
Presidente

 
 
 
 
 
 
 
UM POUCO SOBRE NEIDE BARROS RÊGO
 
 
 
 
Neide Barros Rêgo - Natural de Minas Gerais, nasceu em São Tomás de Aquino, no dia 18 de outubro de 1938. Professora formada pelo Instituto de Educação de Niterói em 1957.
 
No ano seguinte ingressou, por concurso, na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro. Fez Curso de Administração Pública na Fundação Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro.

Estudou Arte de Dizer, no Curso Olavo Bilac, no Rio de Janeiro, dirigido pela poetisa/declamadora Maria Sabina de Albuquerque. Em 1964, no Teatro Municipal de Niterói, prestou prova pública, que constou de um recital de poesias de vários gêneros e diversos autores. Ao final recebeu seu diploma.


Declamadora e cantora lírica, com inúmeras apresentações, em congressos nacionais e internacionais de Esperanto (Brasil, Áustria, França e Argentina). Poetisa premiada no Brasil, na Holanda, Bulgária, Rússia e Itália.

Esperantista, declama e canta na língua criada por Ludwik Lejzer Zamenhof desde 1965. Membro vitalício e delegada da Associação Universal de Esperanto, especializada em poesia e declamação.
 

Dirige o Centro Cultural Maria Sabina, que fundou em 1961, onde funciona o Curso Maria Sabina, de Arte de Dizer, e são realizados eventos litero-musicais. Desde 1985, participa do Grupo Nuance, realizando recitais. É Cidadã Honorária de Niterói, título concedido por iniciativa do vereador Fernando de Oliveira Rodrigues, em 1992.
 
 
No ano 1994, organizou e editou a antologia Água Escondida, com poemas de 234 poetas nascidos e/ou radicados em Niterói.

Em 2004, lançou seu primeiro livro Revelação (poesias). Compôs a Comissão de Redação do volume XVI da Revista da Academia Fluminense de Letras (2005).

Em 2007 publicou duas antologias, organizadas com o poeta esperantista Sylla Chaves: Brazila Esperanta Parnaso (em esperanto) e Poesias Escolhidas, do Brazila Esperanta Parnaso (bilíngue).

Eleita pelo Grupo Mônaco de Cultura, em Niterói, recebeu o Título de Intelectual do Ano 2010.
 
Detentora de troféus, diplomas e medalhas, entre elas a Tiradentes, concedida pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro.
 
Membro de diversas academias de letras, entre elas a Barbacenense, a Fluminense, a Rio Cidade Maravilhosa e a Niteroiense; filiada à Associação Profissional de Poetas do Estado do Rio de Janeiro (APPERJ) e à Associação Niteroiense de Escritores (ANE).

Eleita para as Academias Nacional de Letras e Artes e Internacional de Letras, tomará posse brevemente. Tem participação em mais de 120 antologias.
 
É verbete na Enciclopédia de Literatura Brasileira, de Afrânio Coutinho e J. Galante de Sousa.
 
 
 
 
 
 
 
APOIO NA DIVULGAÇÃO
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

2 comentários:

Luiz Carlos Lemme disse...

Nossos efusivos cumprimentos a ilustre Acadêmica Neide Barros Rêgo, consagrada agora com mais um título de honra na brilhante carreira, por sua incansável atuação na produção literária, na disseminação e na consolidação da cultura fluminense, e, em especial, por sua presença carismática no mundo das artes.

esperanto.blog disse...

Parabéns à esperantista Neide Barros Rêgo!