quinta-feira, 27 de julho de 2017

OTAVIO ALMEIDA VOLTA AO SOLAR DO JAMBEIRO CELEBRANDO CAUBY PEIXOTO.

 
 




No último sábado do mês de julho, 29, às 17h, o espetáculo musical "Cauby Peixoto, um ano de saudade" estará de volta ao Solar do Jambeiro com repertório que considerá alterações propostas pelo público. Na montagem, o cantor Otavio Almeida e o maestro Moisés Pedrosa, grande colaborador do homenageado, vão executar uma seleção musical emblemática da carreira do ilustre niteroiense Cauby, além de histórias das parcerias musicais do artista. Classificação etária livre, com inteiras a R$40. 



Um ano após sua morte, a obra de Cauby Peixoto ainda se fortalece como referência de boa música, sobretudo de domínio vocal. Otavio Almeida, apresentado em diversas oportunidades como neto pelo artista niteroiense, executará um repertório que passeará pelas diversas fases da obra do homenageado, atuante dos anos de 1950 até sua despedida. "Com esse espetáculo, queremos celebrar a marca que Cauby nos deixou. Não sou um cover, mas um de seus fãs ardorosos. Dizem que me pareço com ele, isso é um elogio.", afirma o cantor Otavio Almeida. 
    



A apresentação trará ao público os arranjos originais feitos pelo maestro Moisés Pedrosa para Cauby Peixoto em canções reconhecidas em sua voz, como "Conceição" e "Bastidores". 
 
"Cauby Peixoto merecia esta celebração. Niterói faz uma homenagem a um filho consagrado, brilhante como sua obra", diz Jordão Pablo de Pão, Coordenador de Programação do Solar do Jambeiro. A sessão que haveria às 20h foi cancelada pela Produção do evento.
 
 

Cauby Peixoto 
 
 
Cauby Peixoto iniciou sua carreira na década de 1950 apresentando-se em programas de calouros, o que o levou a ser crooner em diversas boates do Rio de Janeiro e de São Paulo. Em 1951, gravou seu primeiro disco. Neste tempo, cria com sua equipe uma forma de vestir, de se portar e de cantar que serão determinantes para seu reconhecimento artístico. Anos mais tarde, a versão de "Blue Gardênia" o torna conhecido do grande público e rapidamente um ídolo do rádio, integrando o casting da Rádio Nacional. 
 
 
 
 
 
 
 
Amplamente premiado no Brasil e internacionalmente, inclusive com o início de uma carreira nos Estados Unidos, tem em seu repertório clássicos de nossa efervescente produção musical do meado do século XX e canções que foram eternizadas na sua voz. Cauby Peixoto deixou Niterói para entrar no hall dos artistas mais completos do nosso país. Sua obra ainda hoje é objeto de muitas pesquisas e de trabalhos musicais. 


 

Otavio Almeida 
 
 
Nascido em uma família musical, em meio a rodas de serestas do antigo "Casarão 37" (Laranjeiras, RJ), de propriedade do seu pai, Otavio Almeida traz desde sua infância a paixão por um repertório de menos modismos contemporâneos e de valorização de seus ídolos musicais, como Nat King Cole, Frank Sinatra e Cauby Peixoto. Foi justamente com esta experiência que subiu ao palco pela primeira vez, com 15 anos. Já ali se anunciava o sucesso, consolidado com a maioridade. 
 
Aos 18 anos, seu público já se consolidava com os admiradores da estética musical de meados do século XX, o que garantiu sua associação a Cauby Peixoto, que mais tarde o chamou de "neto" em diversas oportunidades. Em 2009, ganhou o IX Festival de Seresta do Rio de Janeiro com a imponente "Conceição", interpretada antologicamente pelo ídolo niteroiense. 








Serviço 

Cauby Peixoto, Um Ano de Saudade de volta ao Solar 
Data: Sábado, 29 de julho de 2017 
Horário: 17h 
Duração: 90min 
Ingressos: Inteiras a R$40
Classificação Etária: Livre 
Capacidade: 60 lugares 

Local: Solar do Jambeiro 
Endereço: Rua Presidente Domiciano, 195. Boa Viagem, Niterói, RJ. 
Telefone: (21) 2109-2222.
 
 
 
 
 
 
APOIO NA DIVULGAÇÃO
 
 
 
 
 


 






 
FONTE:
COORDENADORIA DE PROGRAMAÇÃO
DO SOLAR DO JAMBEIRO

Nenhum comentário: