segunda-feira, 14 de agosto de 2017

FESTIVAL SOLOS EM CENA, SEIS ESPETÁCULOS DIFERENTES, NO TEATRO DO CINE ARTES DA UFF DE 14 DE AGOSTO A 20 DE AGOSTO DE 2017, ÀS 20HORAS.

 
FESTIVAL SOLOS EM CENA
 
ARTES CÊNICAS
 
O Centro de Artes UFF realizará, entre os dias 14 e 20 de agosto de 2017, o SOLOS EM CENA, festival de monólogos que entra em sua quarta edição. Criado em 2006 e reativado no ano passado, o SOLOS EM CENA reúne alguns dos artistas e espetáculos que têm se destacado no panorama teatral, dentro desse formato de monólogo. Neste ano, as apresentações serão consecutivas ao longo de uma única semana, de segunda a domingo, sempre às 20h, apresentando seis espetáculos diferentes, cujos serviços e sinopses são detalhados abaixo.
DIA 14/8/2017 – SEGUNDA-FEIRA – 20H
 
 
 
 
CÁRCERE – Em turnê mundial, o solo de Vinícius Piedade propõe uma reflexão sobre a liberdade por meio dos olhos de um pianista encarcerado. A peça dialoga tanto com a atual crise presidiária quanto com as prisões individuais que nos cerceiam.Texto: Saulo Ribeiro e Vinícius Piedade
Atuação, direção e iluminação: Vinicius Piedade
Trilha sonora: Manuel Pessoa
Duração: 75min - Classificação Indicativa: 14 anos
Dia 15/8/2017 – terça-feira – 20h
 
 


 
VENDO MEMÓRIAS – Vinte e oito pessoas venderam suas memórias. Momentos marcantes de suas vidas que foram cortados, rasgados, divididos, emendados, remendados, colados, justapostos e aglutinados. E agora colocados, novamente, à venda.  Borrando os limites entre ficção e realidade, o espetáculo com autoria e atuação de André Valim também apaga os limites entre performance e encenação, numa contação de história de memórias reais. É a chance de comprar boas memórias em excelente estado. Texto e atuação: André Valim
Direção: Renata Sampaio
Duração: 80 minutos - Classificação Indicativa: a partir de 12 anos
 
 
DIA 16/8/2017 – QUARTA-FEIRA – 20H
 
 
 
 
 
 
UM ATO! – Uma peça-poema, uma performance poética, um solo de indignação e esperança. Considerando o teatro como o foro das discussões sobre o homem, seus sentimentos, suas angústias, sonhos, a atriz Márcia do Valle, no seu primeiro solo em 30 anos de carreira, reuniu 22 escritos, entre poemas e textos de autores-poetas consagrados, com vasta obra reconhecida há décadas.Textos: Affonso Romano de Sant’anna, Eduardo Galeano, Paulo Leminski, Mario Quintana, Viviane Mosé e Wislawa Szymborska
Atuação: Marcia do Valle
Direção: Gaby Haviaras e Renato Farias
Música: Pedro Gracindo
Figurino: Ronald Teixeira
Cenário: André Palatnic
Luz: Djalma Amaral
Direção de Produção: Damiana Guimarães e Marcia do Valle
Realização: Bloco Pi Produções e Eventos e Do Valle Produções
Duração: 50 minutos
Classificação Indicativa: a partir de 12 anos
 
 
DIA 17/8/2017 – QUINTA-FEIRA – 20H
 
 
 
ESCRAVOS – Tendo como fio condutor o conto Pai contra mãe, de Machado de Assis, o monólogo traz o debate sobre a escravidão e o preconceito racial, através de uma encenação da obra na íntegra, sem adaptações, possibilitando uma leitura fiel das abordagens do autor sobre o tema. Texto (conto): Machado de Assis
Atuação: Alexandre Mofati
Direção: Augusto Madeira
Direção de movimento: Rafaela Amado
Cenário e Figurino: Carlos Alberto Nunes
Iluminação: Renato Machado
Direção de Produção: Ana Paula Abreu e Renata Blasi
Produção: Diálogo da Arte Produções Culturais
Idealização do Projeto: Alexandre Mofati
Realização: Ofício Produções Ltda.
Duração: 60 minutosClassificação Indicativa: a partir de 12 anos
 
 
DIA 18/8/2017 – SEXTA-FEIRA – 20H
 
 
 
 
 
O INCANSÁVEL DOM QUIXOTE – Espetáculo de histórias fantásticas deste famoso cavaleiro errante que sai de casa com o desenfreado desejo de transformar o mundo num lugar melhor. Ao lado de seu fiel escudeiro, Sancho Pança, sua incrível jornada é recheada de humor, lirismo e provas de obstinação. Neste premiado solo narrativo, o ator tem que permanecer num constante estado de atenção e presença para criar uma relação de troca com os espectadores. Tudo se resume a uma mala, um ator, a plateia e o jogo. Texto e atuação: Maksin Oliveira
Direção: Reinaldo Dutra
Figurino: Leonam Thurler
Iluminação: Pedro Struchiner
Produção e Cenografia: Magnífica Trupe de Variedades
Duração: 60 minutos - Classificação Indicativa: a partir de 12 anos
 
 
DIAS 19 E 20/8/2017 – SÁBADO E DOMINGO – 20H
 
 
 
 
 
 
INSTABILIDADE PERPÉTUA – Com delicadeza e contundência, a atriz Soraya Ravenle, em seu primeiro solo teatral, instiga o público com aspectos filosóficos da existência humana em sociedade, a partir do livro homônimo do filósofo e poeta paulistano Juliano Garcia Pessanha. A encenação despojada é o resultado de um processo colaborativo que contou com quatro diretoras, reunindo filosofia, poesia, ficção, música e dança, num trabalho sutil e minimalista que borra as fronteiras entre essas áreas. Texto original: Juliano Garcia Pessanha.
Dramaturgia: Diogo Liberano e Soraya Ravenle
Concepção e atuação: Soraya Ravenle
Direções: Daniella Visco, Georgette Fadel, Julia Bernat e Stella Rabello
Figurino/ambientação: Beth Passi de Moraes e Joana Passi
Direção Musical: Zé Azul
Iluminação: Roberto Setton, Brisa Lima e Tabatta Martins
Duração: 60 minutos - Classificação Indicativa: a partir de 14 anos
 
SERVIÇO
14 a 20 de agosto de 2017
Segunda a domingo | 20h
Festival Solos em Cena – seis espetáculos diferentes
Teatro da UFF
Rua Miguel de Frias 9, Icaraí, Niterói – RJ
 
 
 
 
Ingressos: R$50 (inteira); R$25 (meia-entrada para estudantes, pessoas acima de 60 anos e servidores da UFF); e R$80 pelo PASSAPORTE TEATRAL (com venda antecipada e preço único, dando direito a um ingresso para quatro peças diferentes a escolher)
Classificação indicativa: varia de 12 a 14 anos,
conforme a peça
Informações: 21 3674-7512 (a partir das 14h).
 
 
 
 
 
 
 
 
APOIO NA DIVULGAÇÃO
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
FONTE:
 
 

Nenhum comentário: