sexta-feira, 23 de maio de 2014

ASSISTA AO VÍDEO DE CARMELITA MAYER DE FREITAS UMA UNIVERSITÁRIA MUITO ALÉM DO LIMITE...




Prezado leitor foculista. Assista ao vídeo da Sra. Carmelita Mayer de Freitas, produzido pelo Focus Portal Cultural. Confira – basta clicar na imagem.


(CLICAR NA IMAGEM PARA ASSISTIR AO VÍDEO)




OU CLICAR NO LINK PARA ASSISTIR NO CANAL YOU TUBE
DO FOCUS PORTAL CULTURAL

https://www.youtube.com/watch?v=lKceIcddzJE 



NUNCA É TARDE...


Se há uma expressão que consiga traduzir a um tempo genuinidade, por ser indiscutível, e significado universal por sua abrangência e importância, então essa fórmula linguística chama-se “nunca é tarde”. Houve tempos – e não muito distantes! – em que o idoso figurava, em seu lar, como personagem recostado em uma cadeira de balanço como se esse utensílio fora criado para o “balanço de sua vida”. 

Ela, a idosa, usava o trançado das linhas de seu crochê na medição do tempo de sua própria vida; ele, o idoso, entre um copo de leite e alguns remédios, remexia a memória fatigada na busca de aventuras longínquas que não voltavam.


Mas o mundo mudou e, com ele, as pessoas mudaram. Novas e cada vez mais avançadas tecnologias, a partir de meados do século passado, tanto expandiram a expectativa de vida do ser humano como o conscientizaram de que a sua participação ativa e produtiva no meio social, ao atingir idade avançada, é fato preponderante na manutenção de sua autoestima e saúde de um modo geral.


Uma prova cabal do que expusemos, dentre inúmeros outros exemplos encontrados, é uma senhora de nossa cidade e que atende pelo nome de Carmelita Mayer de Freitas. Na altura jovem de seus quase 80 anos, a destemida senhora voltou ao campo de batalha, inscreveu-se no vestibular para o curso de Direito na Faculdade Estácio de Sá e, já aprovada, se apresentará brevemente à classe de sua turma na condição irrevogável de a mais nova universitária a ocupar uma das cadeiras de pretendente ao estudo das leis que regem a nossa sociedade.


(Artigo publicado no Jornal Santa Rosa, nº 1.439 – 2ª quinzena de Maio de 2014 – página nº 14).





APOIO CULTURAL









3 comentários:

Bia Chacon disse...

Parabéns, meu amigo. Você está nos oferencendo um belo exemplo de vida. Até repassei para as minhas senhorinhas da Oficina de Literatura da Univ. da Terceira Idade, Niterói, porque a CarmelitAmada é assim maravilhosa como elas. Irmãs-Gêmeas. Abração fraterno pra você e Shirley.

Bia

Paulo Roberto Cecchetti disse...

Grato pelo envio. Att,
PRC

Hilário Francisconi disse...

A jovem senhora Carmelita Mayer de Freitas, com a alegria de seu "coração de estudante", deixa nesta entrevista cedida ao jornalista e poeta Alberto Araújo o mais contundente exemplo de força de vontade e prazer de viver. Ao indagada por alguém, em outro momento, se voltaria aos estudos ocupando uma cadeira em mais uma universidade "apesar" de sua idade, respondeu: "E daí? É isto o que eu quero!". Falou e disse, Carmelita! Meus parabéns!
Hilário Francisconi.