terça-feira, 29 de abril de 2014

CONVITE PARA LANÇAMENTO DO LIVRO "NITERÓI PEDE PASSAGEM - ANTOLOGIA DE UMA CIDADE - ORGANIZAÇÃO LUIZ ANTONIO BARROS. CONFIRA


Lançamento do Livro 

"Niterói pede passagem -
 
Antologia de uma cidade"

organizado pelo nosso Luiz Antonio Barros

a Niterói Livros lançará no próximo dia 6 de maio, 

Horário :18h30min na Sala Carlos Couto.
(anexo ao Teatro Municipal de Niterói
Rua 15 de Novembro, 35 - Centro - Niterói - RJ)

Capa do livro 
"Niterói pede passagem - antologia de uma cidade"
do Designer Will Martins.


Antologia sobre a cidade, incluso extensamente textos de escritores cujas situações foram vividas em Niterói, a partir de Gonçalves de Magalhães, a que se atribui o precursor do romantismo brasileiro, outros autores de Niterói, do Rio de Janeiro e outros rincões do Brasil. Dentre tantos se destacam:  Alberto de Oliveira, Clarice Lispector, José de Alencar, Antônio Callado, Luís Antônio Pimentel, Lima Barreto, Vinicius de Morais, Casimiro de Abreu, Abelardo Barbosa (Chacrinha)...
Também contém um texto do destacado escritor argentino Arturo Capdevila, membro da Academia Nacional de Letras da Argentina.
O livro é um sonho antigo do escritor Luiz Antonio Barros, que carinhosamente e vastamente fez as pesquisas durante 5 anos,  para entregar dia 06 de maio, literalmente a magnífica obra aos seus adeptos e leitores.
Capa e projeto Gráfico – Will Martins.
Ilustrações:  Fotografias de membros da Sociedade Fluminense de Fotografia.
Editora:  Nitpress
Organização: Luiz Antônio Barros

 
Luiz Antonio Barros, professor, casado, filho de Leilio Barros e de D. Janyra Portugal Barros, nasceu em Vitória, Estado do Espírito Santo, em 25 de julho de 1946. Aos Três anos de idade, sua família mudou-se para o Estado do Rio, morando em algumas cidades desse estado, até fixar-se em Niterói.

Nas cidades por onde passou, Luiz Antonio estudou quase sempre em escolas públicas, fez curso Técnico em Contabilidade, carreira para a qual jamais se sentiu vocacionado. Em 1965, ingressou na Faculdade de Direito de Niterói, mas cursou apenas até o 2º ano. Em 1967, ingressou no curso de Letras da Universidade Federal Fluminense (UFF), concluindo-o em 1970. 

Em 1998 fez o curso de especialização em Psicopedagogia na Universidade Cândido Mendes. É importante notar que Luiz Antonio começou a lecionar quando ainda cursava o 1º de Letras e hoje, já aposentado pelo Colégio Militar do Rio de Janeiro, continua a ministrar aulas no curso Pré-Vestibular desse estabelecimento de ensino, o que prova seu profundo amor ao magistério.
Lecionou em diversas escolas públicas e privadas, como o Instituto de Educação “Clélia Nanci”, em São Gonçalo, de 1969 a 1996, onde, além de professor, desempenhou a função de coordenador de Língua Portuguesa. Foi professor do Colégio Estadual Henrique Lage (1976-1994), da Escola Estadual Joaquim Távora (1997-1998), do Instituto Gay-Lussac (1978-1985), do Curso Acadêmico (1985-1995), do SENAC-Niterói (1971 – 1995), dentre outros.

É formado em Teoria Musical pelo Conservatório Brasileiro de Música (1962). Recebeu no Colégio Militar a medalha Marechal Trompowsky (patrono do magistério do Exército).

Em 1986 publicou, com o professor Paulo Roberto Poppe, o livro didático Lendo, pensando e redigindo em língua portuguesa, pela SEGEL, editora do Instituto Gay-Lussac, com um prefácio do saudoso Ângelo Longo.

Em 1999 publicou, em parceria, o livro didático Língua portuguesa: instrumento e ação, em dois volumes, destinados ao Ensino Médio, Edição dos Autores (Niterói)
Em 2000, publicou, em parceria, o paradidático Conto de escola (e muitos mais...), contos de Machado de Assis, publicados pela EdG, de Niterói.

Em 2008, lançou pela Nitpress (Niterói) o Dicionário de ditados, provérbios, alusões, citações e paródias.
Em 2009, colaborou na edição crítica da 2ª edição do livro Vida apertada, de Luiz Leitão, organizada pelo professor Roberto S. Kahlmeyer-Mertens, pela Nitpress.

Em 2010, foi publicada também pela Nitpress, a antologia Viagem literária através do Estado do Rio, organizada por Barros, Sonetos, de Sylvio Figueiredo e Luiz Leitão, edição organizada pelo professor Kahlmeyer, com glossário e notas feitos por Barros, pela Editora Nitpress, bem como o livro Aprendendo português com a Bíblia.


 Caros Leitores Foculistas
 Vamos prestigiar!!!
este grande momento cultural em nossa cidade.

Nenhum comentário: