domingo, 2 de agosto de 2015

NOÉ OU A MÁQUINA ANTEDILUVIANA DE SÁVIO SOARES DE SOUSA É A OBRA INDICADA NO MÊS DE AGOSTO NA VITRINE DO FOCUS PORTAL CULTURAL. CONFIRA.


A ARCA DA POESIA  DE SÁVIO SOARES DE SOUSA
VENCE  O DILÚVIO DA MÍDIA




 


            No dia 9 de agosto, a  tenda dos Escritores ao Ar Livro, na Praça Getúlio Vargas - Icaraí, Niterói, a partir das 10 h., estará em festa.   O acadêmico e  poeta Sávio Soares de Sousa entrega aos apreciadores da boa leitura o seu  mais recente artesanato poético:  o livro  "Noé ou a máquina antidiluviana".   A obra representa uma imersão  lírica  no  íntimo romântico do emérito trovador, ao mesmo tempo, mesclada a lances humorísticos e filosóficos, questionando o poder diluviano da mídia.  
 Além de advogado, Sávio Soares de Sousa  formou-se  também  em Letras Clássicas, é haicaísta e  grande   conhecedor do universo homérico e dos dramaturgos das tragédias gregas. Apesar de modesto  com sua fala fluente e escrita literária,  é um lídimo representante da cultura de Niterói,  tendo sido até eleito, em 2013 o Intelectual do Ano.  Nada mais lícito o reconhecimento de um autor, cujo trajeto literário honra  os meios intelectuais da cidade.
            É grande a expectativa em torno deste lançamento. Todos nós que frequentamos, nas manhãs de domingo, os encontros dos Escritores ao Ar Livro, aguardamos ansiosos mais esse marco da lavra de Sávio Soares de Sousa. Seguimos, há algum tempo, as pegadas evolutivas de sua estética  ancorada no solo da beleza, do amor, da filosofia e do saber dos luminares  da literatura universal.
           
 
Por todos esses méritos, o editor desta revista cultural, jornalista Alberto Araújo, rendeu-se ao vigor  dos seus versos.  E,  como forma de difundir cada vez mais a sua arte e fazê-la chegar ao público, anuncia, em  primeira mão, que  "Noé ou a máquina antidiluviana" é  a obra indicada para abrilhantar  a Vitrine do Focus Portal Cultural neste mês de agosto.

            E para os que anseiam desde já conhecer o conteúdo do livro, reproduzimos o texto do editor e curador Paulo Roberto Cecchetti que encerra o livro. É o que temos para oferecer no momento. Isto porque o restante, cabe ao leitor articulista adquiri-lo e comprovar.


POSFÁCIO DO LIVRO "NOÉ OU A MÁQUINA ANTIDILUIVIANA".
 


ÁRIA DE ENCERRAMENTO


O que leva um advogado, promotor e procurador da justiça, com a lucidez dos seus novent’anos, a reunir - neste décimo nono livro - trovas, poemas e haicais? Somente o prazer e a admiração pela palavra. Lavra de tantos livros.  É desafiador e ao mesmo tempo fascinante saber que o poeta, trovador, haicaísta e acadêmico Sávio Soares de Sousa nos surpreende a cada nova publicação.
Mesmo que seja ela artesanal. “NOÉ ou a máquina ante-diluviana” chega para o leitor em edição restrita, pois neste tempo cibernético, onde o conteúdo literário navega à deriva do momento histórico, o escritor volta-se para o questionamento da preservação da leitura para futuras gerações.  E foi assim que o autor embarcou na sua arca de palavras trazendo essa mistura de temas, com humor e amor, para a satisfação de quem está revigorado na plenitude da vida.
 






 

Paulo Roberto Cecchetti
publicitário, poeta, curador e haicaísta
membro da Academia Niteroiense de Letras/ANL

 





Portanto,  caro leitor,  é chegada a hora de aprontar o seu coração para embarcar  com o autor nessa ARCA POÉTICA.
Por isso, vale conferir no dia 9 de agosto(domingo) nos Escritores Ao Ar Livro, na Praça Getúlio Vargas em Icaraí, a partir das 10 horas.



 Sávio recebe o Título Intelectual do Ano/13     Sávio recebe medalha de Honra ao Mérito.


Sávio é matéria no jornal O Globo de Niterói.
 
 
 
 
 
REALIZAÇÃO
 
 
 
APOIO CULTURAL
 
 

 
 
 
 
 
 
COMENTÁRIOS:
 

Prezado Sávio, mais um gol você marca nas suas peripécias literárias com essa Arca de Noé navegando contra a Mídia.
E tantas têm sido suas jogadas certeiras na rede da cultura a ponto de já haver dialogado até com Baudelaire, Desnos e o nosso Vinicius naquela sua intertextualidade primorosa com a "A une Passante" do luminar francês.
Seu texto consta do meu livro Memórias em Jornais, no capítulo "Confraternizações literárias: Baudelaire, Vinicius, Breton, Desnos e Sávio Soares de Sousa". Tempo Brasileiro, páginas de 129 a 132.
Agora, sua nova produção figura na vitrine do Focus Portal Cultural. Parabéns! Cumprimento também o Alberto Araújo pela justíssima escolha. 
Se puder, irei domingo à Tenda "Escritores ao Ar Livro", do P.R.Cecchetti, para abraçá-lo.
Dalma.

 


Dalma Nascimento
é escritora e doutora em Literatura Comparada da UFRJ.








**************************************************************


Bela homenagem a este decano das academias Fluminense e Niteroiense de Letras.
P.R.Cecchetti.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Paulo Roberto Cecchetti
é poeta e curador.

 
 
*************************************************** 
 
 
 

2 comentários:

Dalma Nascimento - escritora e doutora em Literatura Comparada da UFRJ. disse...

Prezado Sávio, mais um gol você marca nas suas peripécias literárias com essa Arca de Noé navegando contra a Mídia.

E tantas têm sido suas jogadas certeiras na rede da cultura a ponto de já haver dialogado até com Baudelaire, Desnos e o nosso Vinicius naquela sua intertextualidade primorosa com a "A une Passante" do luminar francês.

Seu texto consta do meu livro Memórias em Jornais, no capítulo "Confraternizações literárias: Baudelaire, Vinicius, Breton, Desnos e Sávio Soares de Sousa".

Agora, sua nova produção figura na vitrine do Focus Portal Cultural. Parabéns! Cumprimento também o Alberto Araújo pela justíssima escolha.

Se puder, irei domingo à Tenda "Escritores ao Ar Livro", do P.R.Cecchetti, para abraçá-lo.

Dalma.







Paulo Roberto Cecchetti, poeta e curador disse...

Bela homenagem a este decano das academias Fluminense e Niteroiense de Letras.
P.R.Cecchetti