sábado, 3 de setembro de 2016

A LENDÁRIA LIVRARIA LEONARDO DA VINCI NA RUA RIO BRANCO, NO RIO DE JANEIRO É REABERTA.

 

 

 
A lendária livraria instalada na Avenida Rio Branco reabriu às 12 horas, no dia 01 de setembro (quinta-feira) para o público, totalmente reformada. “Estamos bem confiantes, apesar desse momento de crise. Fizemos uma livraria substantiva, com as atualizações e as reformas necessárias, mas mantivemos o espírito da Da Vinci”, declarou ao PublishNews Daniel Louzada, que está por trás da nova Leonardo Da Vinci.
 
 
 
 
 
A partir das 18h, a livraria recebeu seu primeiro evento. Um bate-papo com compositor e poeta Antônio Cícero, que escreveu um poema em homenagem à livraria e a sua fundadora, Dona Vanna Piraccini.

Entre os projetos do proprietário Louzada para a nova Da Vinci estão a criação de um clube de leitura e eventos voltados para crianças aos sábados.

 
Antônio Cícero - compositor e poeta.


 
Os frequentadores mais saudosos da loja no subsolo do edifício Marquês do Herval, na Avenida Rio Branco, poderão até sentir falta do ambiente labiríntico de outrora. As paredes foram derrubadas para dar amplitude ao espaço, acomodar melhor os livros e o novo café. Contudo, o amplo acervo de obras de artes e ciências humanas continua lá, agora reforçado por uma seção de literatura. A icônica mesa de Dona Vanna Piraccini, a antiga dona, foi restaurada e coberta de livros.

 
 
Daniel Louzada é o novo proprietário
da livraria Leonardo Da Vinci | © Divulgação
 
 
Louzada conta que seu plano inicial era fazer uma intervenção mais modesta, mas, para o negócio ser sustentável, achou necessária uma grande transformação. O maior investimento foi feito no mobiliário. As mesas agora são móveis e podem ser rearrumadas a depender do evento.
 
"A Da Vinci era uma livraria que tinha torcida, mas não cliente comprando" diz o livreiro, que por 15 anos trabalhou na Saraiva. — A preocupação foi compreender o lugar da Da Vinci. E o nosso lugar é a alternativa. Não temos como competir com as grandes redes nos best-sellers, mas vamos ter a melhor seleção dentro da nossa proposta. Apesar de não poder competir com as gigantes nos descontos, os best-sellers estarão à venda.

Só não estarão em destaque. Na estante de literatura estrangeira, por exemplo, é possível encontrar uma farta seleção de Bernard Cornwell e John Grisham e, na de religião, Padre Marcelo Rossi. Já na área de literatura brasileira, há todas as obras de Clarice Lispector". Explica Louzada.


 

A obra  “Todos os Contospublicada no Brasil pela Rocco, coletânea que reúne todos os contos da autora Clarice Lispector em um único volume editado pelo biógrafo americano Benjamin Moser, foi eleita pelo The New York Times como um dos 100 melhores livros do ano. Este importante livro encontra-se na Da Vinci.
 

 



ENCONTROS E CLUBE DE LEITURA
 
Logo na entrada, ao lado de uma máquina de escrever, foi criado o espaço “O escritor indica”. Na estreia, o jornalista Mário Magalhães, autor de “Marighella”, escolheu algumas de suas biografias favoritas, como “Padre Cícero”, de Lira Neto. O acervo de ciências humanas, carro-chefe da casa, impressiona: são 1,2 mil títulos de ciências sociais e 700 de filosofia.



 
Nas paredes estão a inspiração do livreiro: Ênio Silveira, fundador da Civilização Brasileira, e a própria Vanna Piraccini. Uma das séries de encontros previstos, inclusive, será “Reencontros com a Civilização Brasileira”. O primeiro convidado será o historiador Jorge Ferreira. Já a série que marca a reinauguração é a “Papo de quinta”, quando escritores e críticos vão conversar com o jornalista Miguel Conde. A Da Vinci também vai ganhar um clube de leitura e atividades para crianças aos sábados.
 
Apesar das dificuldades, Louzada demonstra confiança na proposta e afirma que procura um sócio para abrir uma segunda loja: "Eu acredito na missão civilizadora da livraria. Esse é o papel da Da Vinci. Por isso ela continua aberta, completando 64 anos neste mês. disse Louzada.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Livraria Leonardo Da Vinci
Av. Rio Branco, 185, Centro, subsolo
Rio de Janeiro - RJ - Brasil.
Informações: (21) 2533-2237
 
 
 
 






COMENTÁRIOS
 
 
 
 
Fantástica essa matéria.
Adorei saber dessa novidade!
Bjs
Dy
 
Dyandreia Portugal
é editora do Jornal Sem Fronteiras.
 
 
 
 
**************************
 
 







 
 
APOIO CULTURAL
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

FONTE


 
 
 
 

 
 

Nenhum comentário: