sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

FOCUS PORTAL CULTURAL TROUXE PARA VOCÊ, A AUDIÇÃO DA PRIMEIRA APRESENTAÇÃO DO CORAL UNIVERSITÁRIO DA UFF, COMEMORADOS 50 ANOS DE EXISTÊNCIA.

 
O Focus Portal Cultural, também é Memória Viva...
Trouxe para você, a fundação e apresentação de estreia do Coral Universitário da UFF, em 06 de novembro de 1966, no Teatro Municipal de Niterói.
 

 
 
 
(CLICAR NA IMAGEM PARA AUDIÇÃO)
 

 
Fundação e apresentação de estreia do Coral Universitário da UFF, em 06 de novembro de 1966, no Teatro Municipal de Niterói.
 
 
OU CLICAR NO LINK DO CANAL YOU TUBE
 
 
 


O CORAL UNIVERSITÁRIO DA UFF, atualmente, sob a regência de Marcio Selles celebram os 50 anos do coral na gestão do reitor prof. Manuel Barreto Netto e regência da professora Clóris Galvão Menezes.  

No dia 06 de novembro de 2016 foram comemorados os 50 anos do Coral Universitário da Universidade Federal Fluminense (UFF). Aqui temos uma amostra em áudio de 11 canções cantadas pelo Coral Universitário gravadas no dia da sua estreia, no ano de 1966, no TEATRO MUNICIPAL DE NITERÓI.
 
 
 
 
***********************
 
 

Abaixo, leia o depoimento da pianista ANA MARIA BRANDÃO.
 

Prezados amigos e amigas, ainda em 2016, quando comemoramos os 50 anos de criação e estreia do Coral Universitário da UFF em 06 de novembro de 1966, o primeiro desta Universidade.
Estou enviando a gravação do CD  do concerto realizado naquele fatídico dia 06 no Teatro Municipal de Niterói, caso queiram conhecer o  trabalho realizado naquela época.
A gravação do CD foi realizada com base em uma fita cassete gravada no dia  da estreia pela Professora Clóris Galvão Menezes, regente do Coral.
Esta fita mais tarde foi passada para CD do qual temos alguns exemplares. A gravação é original, inclusive a narração. Foram tempos difíceis, com o regime militar já consumado em 1964, era a gestão do REITOR MANOEL BARRETO NETO, com o DDC-UFF dirigido pelo DR. MILTON LESSSA BASTOS, dos quais temos muito orgulho, o Exército querendo entrar  na Universidade no que foi impedido por ambos, este último foi cassado após o AI-5.  
O Coral foi  fruto  do empenho  desses dois dirigentes, de um grupo de alunos mencionados no CD, sem esquecer as figuras de SILESIO SAMPAIO, funcionário do  DDC e intermediário entre os alunos e  a Universidade  e  de CESAR NAHOUM que conseguiu o  DA Barros Terra para os ensaios.

O ano de 1966 foi também o período em que Aníbal Bragança deu início à série de debates na Livraria Diálogo, com intelectuais renomados que lutavam contra o regime militar e com lançamentos de obras que desagradavam aos militares, o que causou sérias consequências políticas para o livreiro à frente desses trabalhos.

Aí está o registro de fatos da política e do trabalho intelectual em nossa Niterói. No CD há fotos do Coral e do momento da assinatura do termo de criação do mesmo pelo Magnífico Reitor e pela Professora Clóris.
Não deixem de ouvir as palmas e as críticas feitas no dia da estreia pelo Reitor e pelo Diretor do DDC-UFF. Envio grande abraço a todos e os melhores votos de saúde e de que tenhamos mais solidariedade, tolerância, humanidade e justiça em 2017.


Ana Maria Brandão
pianista e especialista em compositores clássicos. 

 
 
*******************************

 

Encontro histórico de membros da primeira formação do Coral Universitário da UFF,  que comemorou os 50 anos de existência, no dia 06 de novembro de 2016.


No encontro histórico estiveram presentes: Vilma Souza Duarte; Eduardo Wermelinger; Ana Maria Brandão; Gesmar Haddad; Maria José Miranda.
 
 


 
 


 

Logo abaixo está disponível o vídeo do encontro dos primeiros membros do Coral Universitário da UFF, que se encontra no You Tube. Para assistir é só clicar na seta ou no link.




 
OU NO LINK NO YOU TUBE
 
 
 
 
 
 
 
APOIO CULTURAL
 
 
 
 
 

 
 
 
 

 COMENTÁRIOS
 
 
 
Querida amiga Ana Brandão e demais,
é muito importante resgatar e distribuir esse registro para todos.
 
A profa. Clóris, o Reitor Barreto Neto e todos os integrantes do Coral merecem ser lembrados, sempre.
 
Obrigado por lembrar também da Livraria Diálogo, que estava inserida nesse momento histórico de formação da UFF, ao mesmo tempo que era parte de uma resistência à ditadura militar.
 
Meus votos de um 2017 cheio de realizações e alegrias.
Grande abraço,
Aníbal.
 
Aníbal Bragança
é escritor e acadêmico.
 
 
 
****************************
 
 
 

Um comentário:

Luiz Carlos Lemme disse...

Bons ventos, amigo poeta, por recordar-nos mais este grande momento da arte fluminense, quando um punhado de abnegados intelectuais enfrentou, corajosamente, o obscurantismo da ditadura para dar vida ao Coral Universitário da UFF.
Em 2016, tivemos a alegria de comemorar o cinquentenário da criação deste grupo, ícone da música coletiva no Brasil e símbolo imortal da luta pela liberdade em nossa terra. Todos de pé! Aplausos!