sexta-feira, 22 de maio de 2015

COBERTURA FOTOGRÁFICA DA ELEIÇÃO DA ASSOCIAÇÃO NITEROIENSE DE LETRAS - ANE - BIÊNIO 2015/17. CONFIRA.



(CLICAR NA SETA NA IMAGEM DA LEDA PARA ASSISTIR AO FILME)




Ou clicar no link do Canal do Focus no You Tube:





Na manhã ensolarada de outono e cheia de calor humano (sábado) dia 09 de maio de 2015.  A poetisa, escritora, musicista Leda Mendes Jorge com o sufrágio de 46 votantes, 34 faltosos e 3 abstenções, foi eleita como a nova presidente da Associação Niteroiense de Escritores – ANE. Cargo que será exercido por ela, durante o biênio de 2015 a 2017. A acadêmica irá substituir a escritora e poetisa Sissa Schultz, que dirigiu a ANE nos dois últimos anos.

A eleição foi realizada no Calçadão da Cultura da Livraria Ideal do proprietário Carlos Mônaco, através de uma votação secreta em que os acadêmicos aprovaram os indicados em uma chapa única.

No entanto, a intelectual Sissa Schultz não deixará a diretoria da entidade, uma vez que a mesma continuará com a função de Relações Públicas.

Outra novidade que quero introduzir a esta matéria, é que, este seu editor Alberto Araújo, também fará parte entre outros confrades, da direção da importante Associação, operará como membro do Conselheiro Consultivo.

Portanto, para a sua ciência, os demais integrantes que farão parte da nova diretoria da ANE serão. Veja-os no quadro abaixo:

Na sequência a relação por ordem ocupacional e acadêmico: Vice-Presidente – Sonia Figueiredo; 1ª Secretária – Zeneida Apolônio Seixas; 2ª Secretária – Irineia Pereira Gomes;  Tesoureiro: Dulce Rocha de Mattos; Diretor de Patrimônio – Aciréa Rodrigues de Abreu; Diretora Cultural – Marly Prates; Relações Públicas – Sissa Schultz.

No Conselho Consultivo - Adélia Costa Lima; Alberto Araújo; Alba Helena Corrêa; Beatriz Chacon; Dionilce Silva de Faria; Juber Aves Baesso; Marco Aurélio S. de Faria.

Como Suplentes:Sonia Peçanha; Uyara Scheiffer; Carmem S. Brasil; Neide Barros Rêgo; Maria Maria de Jesus Pessanha; Edson De Luna Freire.

Do Conselho Fiscal: Gentil Costa Lima; Mauro Carreiro Nolasco; Maria das Graças A. de A. Rego e os Suplentes: Jafran José Bastos; Elenir M. Teixeira; Edna Vasconcelos.

A nova presidente Leda Mendes Jorge, que também é escritora e acadêmica, faz parte como membro titular das entidades: Academia Fluminense de Letras (Classe Belas-Artes), Cenáculo Fluminense de História e Letras, Academia Niteroiense de Letras.

Colegiada Acadêmica do Clube dos Escritores de Piracicaba. Vice-presidente da União Brasileira de Trovadores.

Formada em piano pelo Conservatório Brasileiro de Música do Rio de Janeiro, onde fez o Curso de Especialização para Professor de Piano.

Recebeu prêmios em concursos de poesias, trovas, haicais e pensamentos.

Livros publicados: 
Haicais – poesias e Sinceramente – poesias.
CD: Sinceramente - poesias declamadas.

Personalidade do Ano na FAMATH (2009).

Participou em programas na Rádio Roquete Pinto, Rádio Ministério da Educação e Cultura, na TV Rio – programa Jovens Pianistas; integrou a Orquestra de Acordeões do prof. Mário Mascarenhas se apresentando no programa Coisas da Praia Grande.

Apresentou-se em posses acadêmicas; no Cenáculo Fluminense de História e Letras; no Instituto Brasileiro de Cultura Hispânica, no Museu Histórico do Rio de Janeiro; no PEN Club do Brasil e outros.

Declamou em vários lugares tendo, em Angra dos Reis, sido colocada em 2º lugar como intérprete.

Seu livro Haicais foi material para tese de doutorado em literatura da Universidade Federal do Rio de Janeiro e está no livro Além do Cânone, organizado por Helena Parente Cunha.

Recebeu vários troféus e medalhas pelas seguintes entidades: Medalha da UBT – União Brasileira de Trovadores; José Cândido de Carvalho; Luís de Camões – Elos Internacional Comunidade Lusíada (Niterói); Escola Fluminense de Belas Artes; Troféu de Homenageada UBT Troféu com seu nome para premiação nos Jogos Florais; Medalha 200 anos da chegada da Família Real ao Brasil (IHGN); Jubileu de Pérola – Mérito Cultural Acadêmico Francisco Nobre; Comenda Fluminense de Belas Artes; Medalha Grandjean de Montegny; Medalha Austregésilo de Atayde.



SELEÇÃO DE ALGUMAS POESIAS
DE LEDA MENDES JORGE,
SELECIONADAS POR ESTE PORTAL 
SOMENTE PARA ILUSTRAR 
AINDA MAIS A PÁGINA.




QUEBRA-CABEÇA

Estou armando um quebra-cabeça:
pedaços de amor,
de felicidade,
de alegria.
Recortes de sonhos,
de ilusões.
Fragmentos
de desamor,
de desventura,
de saudade.

Acabo de montar
esse quebra-cabeça.
Entre surpresa e admirada,
Encontro o retrato da vida.


DESCOBERTA


Ao ver o tempo
que já passou,
percebi o tempo
que já passei.

E me espanto,
ao ver no espelho do lago,
vestígios de sonhos,
que com o tempo
não passaram.
E descubro no meu rosto,
caminhos de paz.



FANTASIA


Muitas vezes é melhor
ser passado que presente.
Ser desejo insatisfeito,
que ser de sonhos viventes.
Não acordar,
não sentir,
não seguir.
Ser, por vezes,
da realidade, ausente;
no sonhar
não há defeito.
Na fantasia
o amor é mais perfeito.


EIS A QUESTÃO


Céu, desejo meu céu!
Mas... será meu céu de agora,
meu inferno de amanhã?
Penso:
onde mais vale chegar na vida?
Ao porto seguro
da monótona firmeza
de um navio ancorado
ou à aventura duvidosa
ao romper um mar revolto?
Permanecer na inércia
colecionando vontades,
pedras e espinhos
que pesam e ferem
coração e alma?

Melhor ser ou já ter sido?
Melhor será não amar
ou já ter por amor sofrido?
Ser o sábio consciente
do muito que lhe falta saber
ou o ignaro que nem sabe
o quanto poderia ser?
Lutar, desabrochar, romper a vida
ou se acomodar
na calma aceitação do purgatório?
Não, purgatório, não!
Eu quero para mim
o céu ou o inferno.
Mas por decisão.
Minha decisão!



Link do filme desta postagem no You Tube.

Clicar no link




ALGUMAS IMAGENS DO EVENTO


Leda Mendes Jorge (presidente da ANE), 
Carlos Mônaco (Prop. Livraria Ideal)
 e Sissa Schultz (Relações Públicas da ANE).




A poetisa Elenir Teixeira, Leda Mendes e a Iliana.

A filóloga Dionilce Faria, 
assina a lista de presença.

Este editor Alberto Araújo,
como membro da consultoria,
momento da votação.

A nova presidente da ANE a acadêmica
Leda Mendes Jorge, este editor Alberto Araújo,
e a escritora  Sissa Schultz a Relações Públicas da ANE.

Leda Mendes Jorge e o mais novo integrante da ANE
Pedro Caldas( ele é sobrinho/neto do escritor Geraldo Caldas).

Wanderlei Francisconi, Leda e Carlos Mônaco.



O escritor Antônio Soares,
momento da votação.

Os acadêmicos José Conti, Leda, Matilde Conti e Sissa Schultz.

Leda e Matilde presidentes da ANE e do Cenáculo.


A ativista cultural Aciréa Rodrigues, posa para este editor
no momento da votação.




GRANDE MOMENTO CULTURAL,
EM QUE ESTA REVISTA DE CULTURA,
ESTEVE PRESENTE
E REGISTROU TUDO PARA VOCÊ.



APOIO CULTURAL









Um comentário:

Anônimo disse...

Caro confrade Alberto Araújo, taí o poema que vc me pediu! Abç,
PRCecchetti

NO FIO DA VIDA - de P.R.Cecchetti
A faca que corta
é a mesma que tempera
e alimenta o corpo
A faca que corta
é a mesma que desespera
e fragmenta o morto
A faca que corta
está nas ruas do Rio
aonde todos transitam
A faca que corta
assusta, traz calafrios
aos olhos que nos visitam
A faca que corta
anuncia o medo
sangrando a paisagem
A faca que corta
é abandono, arremedo
de ato cruel, selvagem
A faca que corta
é o total abandono
de tudo que nos resta
A faca que corta
mostra a dor e o dano
à ilusão que fenestra