sexta-feira, 8 de maio de 2015

NOTA DE FALECIMENTO DA ARTISTA PLÁSTICA VERÔNICA DEBELLIAN ACETTA.






Outra notícia sobre falecimento de personalidade  do mundo cultural de nossa cidade.


É com muito pesar que informamos sobre o falecimento da nossa grande amiga e companheira de jornada a artista plástica Verônica Debellian Acetta. Para os que não estão lembrando! Verônica Acetta é a diretora-presidente da Editora e Centro de Cultura Parthenon em Niterói – RJ e uma notável pintora que fez belíssimos trabalhos, entre tantos existem aquarelas e telas em óleo, os quais estão publicados em vários livros de escritores consagrados e telas expostas pelo mundo inteiro.




A sua morte nos pegou de surpresa e a levou de nós repentinamente. Neste momento de dor e consternação, só nos cabe pedir a Deus que a ilumine e lhe dê muita paz, e que Deus dê conforto aos seus familiares para que possa enfrentar esta imensurável dor com serenidade.

Agradecemos imensamente o tempo que pudemos conviver com ela, que será sempre lembrado pelo profissionalismo, honestidade, lealdade, inteligência, competência e sensibilidade para lidar com as adversidades e conflitos humanos.

Devemos sempre lembrar que Deus quer ao seu lado os melhores, e com certeza a nossa amiga já está ao lado do Senhor cumprindo uma nova missão.

O velório ocorrerá neste sábado(09) de maio de 2015, no cemitério Parque da Colina em Niterói e na segunda o corpo será cremado.

Endereço: Estrada Francisco da Cruz Nunes, 987 - Pendotiba, Niterói - RJ,  Telefone:(21) 2616-4194


Deixamos os nossos mais sinceros pêsames aos familiares e amigos.






2 comentários:

Gilda Uzeda disse...

Agradeço por transmitir este comunicado.

Bastante surpresa, lamento o ocorrido.

Gostava muitíssimo de Verônica e, de coração, sinto a sua perda.

Não havendo mais como comparecer ao velório, elevo a Deus o pensamento, na certeza de que a minha amiga foi muito bem acolhida na espiritualidade.

Aos seus familiares e demais amigos, meus sinceros sentimentos.

Gilda Uzeda

Edel Costa - escritora e acadêmica disse...

Olá, caro amigo, Alberto Araújo,
Estou consternada.
Verônica foi minha professora de pintura nos anos 80.
Sobre seu caráter, ela é tudo isso que você disse.
Uma perda irreparável.
Edel