domingo, 3 de maio de 2015

UM APANHADO DE MEUS ESCRITOS DO ESCRITOR GILSON RANGEL ROLIM É A OBRA INDICADA NA VITRINE DO FOCUS PORTAL CULTURAL. CONFIRA



UM APANHADO DE MEUS ESCRITOS
DO ESCRITOR GILSON RANGEL ROLIM





Para abrilhantar as páginas desta revista eletrônica durante este maio, eis este livro do acadêmico Gilson Rangel Rolim,  Um apanhado de meus escritos. A capa, muito criativa,  já instiga sua leitura.

Mas lá dentro, nas páginas do livro,  um apanhado de meus escritos trará ao leitor ainda  maiores  surpresas. Você  desfrutará de  momentos de prazer e reflexão pela boa qualidade do texto de Rolim.

Conforme é  de praxe em nossa Vitrine,  permanecerá durante todo este mês de maio  logo no início e  à direita de nosso Blog Focus Portal Cultural. Trata-se de uma obra que, apesar de  lançada há pouco tempo, já conquistou o seu espaço, possuindo uma linguagem acessível para gerar a  interação com nosso público cativo.

A obra reúne versos e prosas da mais completa categoria, traduzindo  momentos com  desfechos surpreendentes, frutos de um trabalho realizado  durante a sua vida literária. É um longo compêndio, dividido em sete grandes momentos, que refletem  as  circunstâncias existenciais do escritor.

Contém  textos escritos no decurso de cinco décadas. A totalidade dos  textos já foi  publicada, mas existe um segmento com textos inéditos e avulsos e um capítulo com escritos especiais.

Conciso e reflexivo no ato de transpor para o papel seu mundo interno,  o autor nos repassa inusitadas imagens fulgurantes.  Todas as poesias dotam-se de  rara beleza, graças ao refinamento de seu lirismo.

Possuidor de grande senso de brasilidade, Rolim é um capixaba que canta, poeticamente,  a terra fluminense e aqui fez morada em Niterói, trazendo para esta terra  sua expressão poética, relicário de memórias. Sua pena desliza por sábias  histórias de: rios, tempo, questões de vidas, pássaros livres e de Deus.

Um apanhado de meus escritos é uma vertente, uma espécie de projeto de lembranças literalizadas que vão  dos cristais da sua infância às nuanças de suas visões cristãs e religiosas.

São temas que seguem as mesmas linhas e gêneros dos grandes nomes da literatura. A presença do  seu pai,  o  também  escritor Azevedo Rolim,  atravessa nas  palavras deste livro, ao entrelaçar ficção e realidade, aliás, um dos temas da  atualidade. Também  ele faz referência a admiráveis filósofos cenário poético do livro, retratando quadros existenciais que resistem ao tempo.

Em Um apanhado de meus escritos, Gilson Rolim cativa pela singeleza de certos poemas, muitas vezes impregnados de tons camponeses ou com brados conscientizadores  em torno de questões ambientais.   Existem textos de tal modo bucólicos e sentimentais, que me fazem lembrar do meu querido nordeste, região das minhas veias natalícias. Eis, aqui, um exemplo:

O VELHO CHICO

Imponente, altivo, cheio de si,
segue o Velho Chico rumo ao Nordeste.
Alongando-se, qual imensa sucuri,
aos poucos deixa as terras altas do Sudeste[...]

[...] De novo, espichado como sucuri
mergulha em Paulo Afonso e
mete-se entre Alagoas e Sergipe.
Altivo, agora sereno, mas ainda cheio de si,
imponente, no oceano lança-se o Velho Chico. Pag. 203.


Gilson Rolim é um desses intelectuais completos e serenos. Seus conhecimentos vão da literatura à sua profissão de contador, valiosa ocupação que tanto a absorveu por muitos tempos.

Embora nossa convivência seja relativamente  recente, já pude aquilatar  a dimensão da sua capacidade literária e o seu desejo de querer um mundo melhor para a coletividade.  Tais marcas transfiguram  na sensibilidade de seus versos e conscientizam o papel e missão de cada um na face da Terra.

Portanto, caro leitor, cabe-lhe adquirir a obra indicada do mês de maio na nossa Vitrine do Focus Portal Cultural.

Um apanhado de meus escritos do escritor Gilson Rangel Rolim é   um livro  autoficcional, nome que  os  compêndios de literatura dão agora  quando a realidade do escritor se mistura à ficção do seu imaginário.

Publicada pela Editora Nitpress, o livro contem 384 páginas de sol vermelho distribuído em escritos coloquiais para todas as estações.




Alberto Araújo,
editor do Focus.





APOIO CULTURAL



Um comentário:

Gilson Rangel Rolim - escritor e acadêmico. disse...

Alberto.
Acabei de ler seu comentário sobre o meu
"Um apanhado de meus escritos".
Gratíssimo fico por seus comentários elogiosos.
Abç. Gilson.