quarta-feira, 6 de julho de 2016

ACADEMIA NITEROIENSE DE LETRAS - INFLUÊNCIAS DA FESTA JUNINA NA LITERATURA - PALESTRA COM ACADÊMICO GILSON ROLIM. CONFIRA.

 
(CLICAR NA IMAGEM PARA ASSISTIR AO VÍDEO)
 

 
OU CLICAR NO LINK DO CANAL YOU TUBE
DO FOCUS PORTAL CULTURAL
 
 
 
  
A ACADEMIA NITEROIENSE DE LETRAS celebrando os acontecimentos juninos trouxe para exposição no dia 29 de junho de 2016 a palestra: INFLUÊNCIAS DA FESTA JUNINA NA LITERATURA, a referida apresentação foi atribuída ao acadêmico Gilson Rangel Rolim, que fez uma síntese muito importante do assunto.

Vários acadêmicos se manifestaram sobre o TEMA e opinaram com seus breves expores, assim deixaram a sua participação registrada no vídeo que esta revista cultural produziu. Dentre eles: Márcia Pessanha, Edgard Fonseca, Sávio Soares de Sousa, Antônio Soares - ASO, Edel Costa.
 
Link do Canal You Tube do
Focus Portal Cultural: Clicar:

Festa junina foi um costume trazido para pelos portugueses e espanhóis, como uma forma de agradecer pelas colheitas, mas também como uma maneira de homenagear os santos do mês de junho. O Dia de Santo Antônio, 13 de junho, costuma marcar o início das celebrações. Também são homenageados São João, no dia 24 de junho e São Pedro, no dia 29 de junho. No Brasil, a data é celebrada desde 1583.

Na alimentação, foi introduzido o aipim (mandioca), milho, jenipapo, o leite de coco e também nos costumes, como o forró, o boi-bumbá, a quadrilha e o tambor de crioula.

Para os católicos, a fogueira, que é maior símbolo das comemorações juninas, tem suas raízes em um trato feito pelas primas Isabel e Maria. Para avisar Maria sobre o nascimento de São João Batista e assim ter seu auxílio após o parto, Isabel acendeu uma fogueira sobre o monte.

No Nordeste do país, existe uma tradição que manda que os festeiros visitem em grupos todas as casas onde sejam bem-vindos levando alegria. Os donos das casas, em correspondência, nutrem uma mesa abastecida de bebidas e comidas típicas para servir os grupos. Os festeiros acreditam que o costume é uma maneira de integrar as pessoas da cidade.
Essa tradição tem sido substituída por uma grande festa que reúne toda a comunidade em volta dos palcos onde prevalecem os estilos tradicionais e mecânicos do forró.

E a influência da literatura brasileira na tradição da festa pode ser percebida fluentemente em muitos autores nordestinos que tem dado grande contribuição para o cenário literário brasileiro, destacando-se nomes como: João Cabral de Melo Neto, José de Alencar, Jorge Amado, Nelson Rodrigues, Rachel de Queiroz, Gregório de Matos, Clarice Lispector, Graciliano Ramos, Ferreira Gullar e Manuel Bandeira, dentre muitos outros.

 
ALGUMAS IMAGENS DO ENCONTRO



Márcia Pessanha - Pres. da ANL.
(Momento em que inicia os trabalhos).

Gilson Rolim - Acadêmico
(Início da palestra).

Marcia Pessanha e Gilson Rolim
(registro do início da palestra).

Plateia de acadêmicos e amigos assistentes

Márcia Pessanha e Gilson Rolim
 (Este registro final da palestra de Gilson).
 
Edgard Fonseca - jornalista
(Recentemente eleito para ANL).
(Momento em que fala sobre o tema).

Sávio Soares de Sousa - acadêmico
(Momento em que fala sobre o tema).

Antônio Soares -ASO - acadêmico
(Momento em que fala sobre o tema).

 Outros ângulos da plateia assistente.

Plateia assistente.
 
**********************







Foto:
 Acadêmicos da Academia Niteroiense de Letras
no Jornal O Globo - 05-06-16
 

ACADEMIA NITEROIENSE DE LETRAS (ANL)

PROGRAMAÇÃO PARA O MÊS DE JULHO DE 2016

 

Dia 6, quarta-feira, às 17h.

Roda de leitura de textos.

Leve seu texto para ser lido e comentado.

*** 

Dia 13, quarta-feira, às 17 horas.

Painel da Saudade em louvor à memória de
Geraldo Caldas.

Oradora: Márcia Pessanha.

 ***

Dia 20, quarta-feira, às 17 horas.

Projeto Música na Academia.

“O teatro de revista na música popular”.

Coordenação e apresentação: Lauro Gomes.

Participações: Sandro Rebel
e Oswaldo Siqueira (voz e violão).
 

*** 
 

OS EVENTOS ACONTECEM NA

SEDE DA ACADEMIA NITEROIENSE DE LETRAS

RUA VISCONDE DE URUGUAI, 456 - CENTRO

NITERÓI - RJ - BRASIL

 
 
 
 
 
APOIO CULTURAL
 

 
 
 
 

COMENTÁRIOS

Bonito, Alberto.
Lembrei-me do poema "Profundamente" de Bandeira:
"Quando adormeci na noite de São João
Havia vozes, Cantigas
E risos ao pé das fogueiras acesas....
Totônio Rodrigues? Tomásia?  Rosa?
Onde estão todos eles?
Estão todos dormindo
Dormindo
Profundamente."

Abraço fraterno,
Raquel Naveira


*****************


 
Nossa Academia Niteroiense de Letras em destaque! O confrade Alberto Araújo sempre apoiando a cultura acadêmica.
 
Abc.,
P.R.Cecchetti
 

*********************


 

Alberto,
como sempre prestigiando nossos eventos. Santo Antônio, São João e São Pedro, relembrados na palestra de Gilson Rolim, também devem estar abençoando nosso prezado confrade pela divulgação no Focus Portal Cultural.
Obrigada, Alberto.
 


Márcia Pessanha
pres. Academia Niteroiense de Letras.


*******************







 

2 comentários:

Anônimo disse...

Nossa ANL em destaque! O confrade Alberto Araújo sempre apoiando a cultura acadêmica. Abç,
PRCecchetti

Márcia Pessanha disse...

Alberto, como sempre prestigiando nossos eventos.Santo Antônio, São João e São Pedro, relembrados na palestra de Gilson Rolim, também devem estar abençoando nosso prezado confrade pela divulgação no Focus Portal Cultural. Obrigada,Alberto.