terça-feira, 15 de março de 2016

QUERO UMA ESTRELA POESIA DE ALBERTO ARAÚJO NA ANTOLOGIA DA FÊNIX LOGOS Nº 19 - MARÇO 2016 DE CARMO VASCONCELOS DE PORTUGAL.

 
CLICAR NO LINK PARA ACESSAR À PÁGINA
DA ANTOLOGIA FÊNIX - LOGOS Nº 19
DE CARMO VASCONCELOS - PORTUGAL
 
 
 
 

 
QUERO UMA ESTRELA
 
Quero uma ESTRELA...
que na fuga seja tolerante – e suporte
os ventos apedrejantes em movimentos.
- Reflexo que busque uma realidade palpável
dos atos da verdade – e não dos sofrimentos.
 
 
Quero uma ESTRELA...
Que o bem me seja confluente e coerente – buscando
algo novo e absoluto.
– Consciência sem fronteiras - metade inteira do oceano
em resolutos prosseguimentos.
 
Quero uma ESTRELA...
racional, paciente, admirável...
E que o respeito me instigue na
mais insofismável confiança nas
linhas fragmentadas
e a partilha acima de todos
os ornamentos.
 
 
Quero uma ESTRELA...
que na solidão administre
as aparentes calçadas úmidas
equilibrando-me – trazendo-me
a luz do entendimento – a paz,
 
E intermináveis contentamentos
– quero uma ESTRELA... serena.
E que me chame de AMOR
– essa palavra que é recheada de
encantamento.
 
 
*****************
 
 
Texto extraído do livro
Identidade do Sol - pág. 50/51,
All-Print editora, São Paulo, 2011.
de Alberto Araújo

 
 
 
 

Nenhum comentário: